Menu
Busca sexta, 30 de julho de 2021
(67) 99257-3397

SALVAR se encontra hoje com o secretário José Elias

19 novembro 2004 - 10h14

A SALVAR, Sociedade de Defesa Ambiental, Organização Não Governamental ambientalista de Dourados, está sendo recebida neste momento pelo ex-prefeito e ex-deputado federal José Elias Moreira, o novo Secretário Estadual de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul.A audiência vai contar com a participarão a presidente da ONG, a geófrafa Sylvia Thereza Rocha Toledo, o vice presidente, o arquiteto Luiz Carlos Ribeiro e outros membros da entidade.A SALVAR levará ao novo Secretário Estadual uma lista de reivindicações e proposições para atuação da Sema em Dourados e Região, sendo as principais a ampliação e melhoria do escritório regional e atuação fiscalizatória do órgão na região, a proposição de reavaliação e ampliação do Convenio firmado com o IPLAN para Licenciamento Municipal, o efetivo engajamento do Estado, via Sema, nos projetos dos Parques Ecológico Laranja Doce, Parque Ambiental Rego D’água e Parque Vale do Paragem e o projeto para implantação do primeiro Comitê de Bacia Hidrográfica de M.S. na Micro Bacia do Rio Dourados.O vice-presidente da SALVAR, que há época exerceu o cargo de Secretário Municipal de Planejamento na Administração de José Elias, lembra que na condição de prefeito, “há mais de 25 anos, foi ele, José Elias, quem numa visão futurista estabeleceu os dois Parques, o Arnulfo Fioravanti e o Antenor Martins na cidade e foi quem pela primeira vez estabeleceu em Lei as áreas de proteção ambiental ao longo dos córregos de Dourados, com a instituição da Lei de Uso e Ocupação do Solo, uma verdadeira revolução na organização do espaço urbano de Dourados com ênfase ambiental”.A SALVAR estará priorizando para o Secretário José Elias, dois projetos, que segundo os dirigentes da entidade são fundamentais. Para a cidade, a urgente implantação do trecho central do Parque Ecológico Laranja Doce, cujo projeto inclusive já foi entregue à Ministra do Meio Ambiente Marina Silva, e neste caso o engajamento do Estado diretamente e de forma indireta junto ao Ministério do Meio Ambiente é fundamental, comentou o idealizador do projeto, em 1994, e vice-presidente da SALVAR o arquiteto Luiz Carlos Ribeiro.Para a Região, a presidente da SALVAR, Sylvia Thereza, comentou que é prioritário a formação e implantação do Comitê da Micro Bacia do Rio Dourados, projeto que envolverá 11 municípios da região, com vistas à recuperação do próprio rio Dourados mas também de seus afluentes, bem como estabelecer um zoneamento ambiental e implementar técnicas mais modernas na agricultura e pecuária visando a preservação e recuperação de toda a Bacia Hidrográfica, no médio e no longo tempo.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corrida de aplicativo termina em discussão e agressão em Dourados
DOURADOS
Corrida de aplicativo termina em discussão e agressão em Dourados
NÚMEROS DA PANDEMIA
Mortes por Covid passam de 555 mil; média é menor desde fevereiro
Estudante de Medicina é rendido e sequestrado por dupla armada
COVID-19
Servidores vacinados do judiciário deverão retornar ao trabalho presencial
Homem é multado em dez mil reais por construção de rancho e área de lazer em área de proteção
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em dez mil reais por construção de rancho e área de lazer em área de proteção
PANDEMIA
Dourados vai liberar acesso a estabelecimentos apenas para pessoas vacinadas
CONSEQUÊNCIA
Estudo brasileiros encontra coronavírus na retina de humanos
TRÁFICO
Caminhão boiadeiro que seguia para o Maranhão é apreendido com maconha
PARCERIA
Governador abre diálogo com os EUA para investimentos no Pantanal
IVINHEMA
Homem oferece passeio de carro e estupra menino de 12 anos com deficiência

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PEDRO JUAN
'Justiceiros' voltam a atacar na fronteira e matam adolescente
DOURADOS
Motorista que fugiu após atropelar motociclista no centro não possuía CNH
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte