Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Ronaldo convoca entrevista para confirmar fim da carreira

14 fevereiro 2011 - 07h29

O atacante Ronaldo pretende dar um ponto final à carreira de jogador de futebol nesta segunda-feira. Logo após o empate por 0 a 0 contra o Paulista, na cidade de Jundiaí, neste domingo, o Corinthians anunciou que haverá uma entrevista coletiva do jogador para falar sobre o futuro.

O treino corintiano está marcado para as 10h30. Ronaldo vai atender os jornalistas por volta de 12h40, quando deve confirmar a aposentadoria. Nenhum outro atleta alvinegro irá conceder entrevistas.

Em entrevista ao Estado de S.Paulo, Ronaldo confirmou que os problemas físicos estão motivando a sua aposentadoria aos 34 anos e que ele não consegue mais fazer o que tenta em campo.

Em contato posterior ao Fantástico, o centroavante confirmou que encerra sua carreira. Segundo o programa da Rede Globo, Ronaldo afirmou que "as dores do corpo" o motivaram, e que "a cabeça até quer continuar, mas o corpo não aguenta".

Ao Fantástico, o atacante disse que "chorou como uma criança" nos últimos três dias, e que seus dois últimos anos no Brasil "foram os mais incríveis" da sua vida.

O jogador chegou ao Corinthians no fim de 2008 depois de ficar dez meses parado recuperando-se de uma grave lesão no joelho ainda quando atuava pelo Milan. Surpreendeu, de novo, e liderou o clube na conquista do Paulista e da Copa do Brasil de 2009.

No ano seguinte, começou a sofrer com sequência de lesões e problemas físicos, e não conseguiu levar o clube à conquista da Libertadores no centenário, assim como falhou na reta final do Brasileiro.

O ano de 2011 já era dito pelo próprio jogador como o último da carreira. A eliminação ainda na fase classificatória da Copa Libertadores para o Tolima foi decisiva para a possível decisão.

No entanto, no inicio do mês, Ronaldo disse no Twitter que não iria parar ainda. "Pensei muito nesses últimos dias sobre antecipar a minha aposentadoria. Mas não vou dar esse gostinho a esses vandalos e críticos...", disse, em 5 de fevereiro.

Em Jundiaí, o elenco corintiano demonstrou surpresa com a notícia que envolve o colega. "Não esperávamos que isso pudesse acontecer neste momento", afirmou o zagueiro Chicão.

Mais recente contratação corintiana para 2011, o atacante Liedson demonstrou frustração pela possibilidade de não defender o clube ao lado de Ronaldo. "Gostaria de jogar ao seu lado, é um grande jogador", destacou.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
OCUPAÇÃO MÁXIMA
Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
ECONOMIA
Abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,1 mil tem calendário unificado
EDUCAÇÃO
Projeto 'Astrominas' oferece vagas para meninas adolescentes em atividades online de ciências
EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS