terça, 23 de abril de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Robson Martins deve ser indiciado por abuso sexual de menor

04 setembro 2003 - 12h15

A Polícia Civil de Campo Grande informou há pouco que o vereador Robson Martins (PSDB) deve ser indiciado pelas denúncias de abuso sexual, aliciamento e estupro de uma adolescente de 13 anos de idade. O parlamentar, que está afastado por 120 dias da Câmara de Vereadores de Campo Grande, prestou depoimento por mais de três horas à DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), onde chegou acompanhado pelo advogado Jorge Siufi por volta das 8h45.Conforme a Polícia, o inquérito policial está apurando os artigos 213 e 214 do Código Penal Brasileiro e, caso fiquem comprovadas as denúncias, os vereadores Robson Martins e César Disney (PT) podem ser enquadrados nos crimes de abuso sexual, aliciamento e estupro. O outro vereador envolvido, César Disney, tem até as 18 horas de hoje para comparecer à DPCA para prestar depoimento, segundo informação do delegado Sidney Alberto, explicando que, na eventualidade de o parlamentar não comparecer, a Polícia vai emitir uma nova intimação. Segundo Alberto, se o vereador faltar novamente, a Polícia emitirá outra intimação pela terceira e última vez, sendo que a partir de então César Disney será escoltado por policiais até a delegacia para prestar depoimento. InocenteApesar de a Polícia informar que Robson Martins será indiciado por abuso sexual, o advogado Jorge Siufi negou a informação e falou que o cliente foi apenas prestar o primeiro depoimento. Ainda de acordo com ele, agora cabe à DPCA fazer um relatório com o depoimento e enviar ao MPE (Ministério Público Estadual) que vai decidir ou não pelo indiciamento do vereador. Já Robson Martins disse à imprensa que falou para a Polícia que conhece apenas uma das duas garotas que disseram ter mantido relações sexuais com ele e Disney. “A delegada mostrou fotos de duas adolescentes e eu reconheci apenas uma delas, a D., 13 anos de idade, que é filha do meu ex-motorista. A outra E., de 15 anos, eu não conheço”, declarou.Ele destacou também que não teme a investigação policial, pois nunca se quer deu carona para a D., que é a autora das denúncias. “Agora cabe à Justiça provar a acusação, pois até agora não provou nada. Assim, como vou prova uma coisa que não é real”, finalizou, completando que está tranqüilo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Colheita de soja atinge 86,8% no país; milho chega a 56,7%, diz Conab
SAFRA 2023/24

Colheita de soja atinge 86,8% no país; milho chega a 56,7%, diz Conab

PROJETO DE LEI

Redução de IR para motoristas de táxi e aplicativos é aprovada pela Comissão

Cerca de 7,5 milhões de passageiros voaram pelo país em março, segundo a Anac
MOVIMENTAÇÃO AÉREA

Cerca de 7,5 milhões de passageiros voaram pelo país em março, segundo a Anac

Receita Federal abre consulta a novo lote residual do Imposto de Renda
ECONOMIA

Receita Federal abre consulta a novo lote residual do Imposto de Renda

MEDIDA

CAE aprova tarifa social de água e esgoto para famílias de baixa renda

BENEFÍCIO

Pagamento da 2ª parcela do Pé-de-Meia começa em 25/4

DOURADOS

Programa Fila Zero faz um ano com 721 cirurgias de catarata realizadas

SAÚDE

Rede hospitalar da Cassems realiza primeiro encontro de Integração Médica em Dourados

POLÍCIA

Homem é preso por tentativa de homicídio em Campo Grande

INFRAESTRUTURA

Governo licita mais de R$ 21,8 milhões para obras em vias urbanas e rodovias de MS

Mais Lidas

DOURADOS

Concurso "Miss e Mister Indígena" acontece no próximo sábado na Jaguapiru

TRÁFICO

Dois são presos saindo de Dourados com drogas que seriam entregues no Sul do país

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais

PORTARIA

Policial preso acusado por violência doméstica em MS é demitido da PRF