Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Roberto Freire descarta coligação entre PPS e PT em MS

13 março 2004 - 09h27

Em visita a Mato Grosso do Sul para falar sobre “Governo Lula e eleições municipais”, o deputado federal e presidente Nacional do PPS, Roberto Freire, mostrou-se descontente com a política do presidente da República.Sobre as eleições municipais Freire descartou a possibilidade do PPS coligar-se com o PT em Mato Grosso do Sul. “O partido aqui é oposição, já tivemos a experiência de estar ao lado do PT e não deu resultado”, afirma. Roberto Freire durante entrevista, também criticou siglas como PP, PTB e PL. De acordo com ele, esses partidos estariam dificultando a proposta da reforma política. “Isso não sai devido a pressão do PTB, PL e PP”, disse.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

EUA
Facebook vai pagar US$ 650 milhões para encerrar ação por violar privacidade
Embriagado, homem é preso após bater em carro estacionado
REGIÃO
Embriagado, homem é preso após bater em carro estacionado
Prouni abre inscrições para lista de espera nesta segunda-feira
EDUCAÇÃO
Prouni abre inscrições para lista de espera nesta segunda-feira
Repórter fotográfico de MS morre vítima do coronavírus
PANDEMIA
Repórter fotográfico de MS morre vítima do coronavírus
Dourados figura com 82% de ocupação dos leitos de UTI/SUS para Covid-19
PANDEMIA
Dourados figura com 82% de ocupação dos leitos de UTI/SUS para Covid-19
ESPORTE
Campeonato Gaúcho: Internacional estreia contra Juventude na segunda
FISCALIZAÇÃO
Em meio a pandemia, polícia encerra "rave" com mais de 500 pessoas em MS
DOURADOS
Homem é preso após ameaçar ex-companheira e o seu atual
BRASIL
Animais especiais resgatados em Brumadinho aguardam adoção responsável
SAÚDE
Sejusp e Hospital do Amor firmam parceria em benefício de servidores

Mais Lidas

DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio
DOURADOS 
Mulher é presa após furtar residência no Altos do Indaiá
ITAQUIRAÍ
Acusado de matar homem com tiro na nuca diz que vítima ameaçava ex