Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

28 dezembro 2003 - 08h19

O governo estadual publicou no Diário Oficial de 11-12-2003 decreto estabelecendo ponto facultativo em todas as repartições públicas estaduais no dia 2 de janeiro de 2004. A decisão assinada pelo governador Zeca do PT não incluiu serviços essenciais, como polícia, bombeiros e atendimento hospitalar, que vão funcionar normalmente. À véspera do Ano Novo - próxima quarta-feira -o ponto facultativo será a partir do meio-dia, com exceção dos serviços essenciais, que funcionam normalmente. No dia 12 deste mês foi publicada, no Diário Oficial, a resolução da Secretaria de Estado de Gestão Pública definindo os períodos de recesso do Natal, que aconteceu de 22 a 26 de dezembro, e do Ano Novo, que começa amanhã e vai até sexta-feira 2. Os servidores públicos foram divididos em dois grupos: um folgou no primeiro recesso e trabalha no próximo; e o outro, que trabalhou de 22 a 26 de dezembro, folga nesta semana. Também nesse caso os serviços essenciais funcionam normalmente.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Mostra traz 98 filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais
CORONAVÍRUS
Itália tem 463 novos casos de Covid-19 e duas mortes em 24 horas
OPINIÃO
Autossuficiência que almejamos
PANDEMIA
Brasil registra 3 milhões de casos de coronavírus e 101 mil mortes
BRASILEIRÃO
Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG com gol contra de Filipe Luís
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada
INTERNACIONAL
Doadores prometem ajuda humanitária “importante” ao Líbano
PANTANAL
Após três dias de combate, bombeiros controlam fogo que destruiu 2 mil hectares
TRÁFICO DE DROGAS
Dois são presos em carro com 259,6 kg de maconha na Capital
ECONOMIA
Mato Grosso do Sul apresenta crescimento de 58% em exportação de soja

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados