sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
21ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Restaurante "Prato Popular" será inaugurado amanhã

11 novembro 2004 - 12h56

O governador Zeca do PT, juntamente com representantes da Coca-Cola Femsa, Vivo, Fundação Ueze Zahran e Perkal inaugura amanhã às 9 horas o restaurante Prato Popular, em Campo Grande. Localizado na rua João Selingardi, 770, no bairro Lageado, o restaurante irá atender a comunidade, considerada a mais pobre de Campo Grande e situada a três quilômetros do Lixão.O restaurante vai oferecer 300 refeições diariamente ao custo de R$ 1,00 para a população, que terá acesso a um cardápio saudável incluindo arroz, feijão, carne, uma guarnição, salada e refrigerante, totalizando em média 1,5 mil calorias e 20 gramas de proteínas. O Prato Popular funcionará de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h. O custo da refeição e demais despesas do restaurante serão pagos pela Coca-Cola Femsa com apoio da Vivo, Fundação Ueze Zahran e Perkal. O Governo Popular investiu R$ 294.268,47 na construção do prédio do restaurante, e outros R$ 50 mil foram disponibilizados para aquisição de equipamentos e utensílios. O custeio de água e luz também será de responsabilidade do Governo Popular.Iniciativa - Através da organização não-governamental Apoio ao Fome Zero, o governo estadual teve conhecimento do programa Prato Popular, que já existe em Porto Alegre (RS) onde foi inaugurado em 2003, Belo Horizonte (MG), Manaus (AM) e Cuiabá (MT), sempre com a iniciativa da Coca-Cola em parceria com empresas e o poder público. As próximas cidades que devem receber o restaurante popular são Recife (PE), João Pessoa (PA) e Fortaleza (CE). O programa Prato Popular também tem o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a orientação do governo federal de ser instalado nas regiões mais pobres das cidades.Nos últimos meses, equipe formada por pessoas do Governo Popular e da Coca-Cola-Femsa visitaram a região do bairro Lageado e fizeram cadastro com trabalhadores do lixão e seus familiares. Mais de 500 inscrições foram feitas, das quais foram selecionadas 300 que poderão frequentar o restaurante.Os critérios para a escolha dos beneficiados foram: renda per-capita até um salário mínimo e seus dependentes. Foi criado um crachá de frequência que dará acesso de cada pessoa à refeição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS

Idosa cai em golpe e faz empréstimo de R$ 8 mil para quitar dívida

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã
POLÍTICA

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto
REGIÃO 

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto

EDUCAÇÃO

MEC aceita revogar portaria se professores de federais acabarem greve

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

GERAL

CNBB pede aprovação de projeto que equipara aborto a homicídio

AMEAÇA

Jovem é indiciada após acusar ex-chefe de importunação sexual

DONATIVOS

MPT destinou mais de R$ 47 milhões em recursos ao povo gaúcho

PARAGUAI

Agente fica ferido e Senad apreende aviões do tráfico na fronteira

INTERNACIONAL

Lula se encontra com Papa Francisco na Itália, onde participa do G7

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT