quinta, 20 de junho de 2024
Dourados
34ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Representantes do Mercosul discutem violência contra a mulher

11 novembro 2004 - 14h55

A violência contra mulheres e o tráfico de seres humanos são as propostas de ações conjuntas da 12ª Reunião Especializada da Mulher do Mercosul (REM) aberta hoje, no palácio do Itamaraty, centro do Rio, pela ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire. O encontro reúne até amanhã (12) ministras, embaixadoras e representantes de organizações não governamentais que debaterão também a "Cooperação Fronteiriça", em busca de um consenso em torno de conceitos referentes à igualdade de homens e mulheres. Ao abrir a reunião, a ministra Nilcéa Freire falou sobre a importância da Campanha de Combate ao Tráfico Internacional de Seres Humanos promovida pelo ministério da Justiça e pelo escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), que foi lançada em outubro, em Goiânia, pelo ministro Márcio Thomaz Bastos. A ministra disse que as mulheres são as principais vítimas do tráfico de seres humanos no Brasil, atingindo o índice de 80%, e destacou que o Brasil vai apresentar seis propostas no encontro, como contribuição ao plano de trabalho do REM para o período 2005-2206. Entre elas, a criação de um sistema de informação compartilhada sobre violência e tráfico de seres humanos, especialmente de mulheres, problema que atinge o Cone Sul e toda a América Latina. "Fora toda a migração interna e a saída pelas fronteiras terrestres, este trabalho conjunto é extremamente importante para os nossos países pensarem em um processo de integração latino-americana que vai além das relações comerciais", afirmou. A 12ª Reunião Especializada da Mulher do Mercosul reúne representantes da Argentina, Paraguai, Peru, Chile, México, Venezuela, Equador, Uruguai e Bolívia, além do Brasil. A representação brasileira é composta por integrantes dos ministérios das Relações Exteriores, Saúde e Justiça, das secretarias de Promoção da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos e da Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil comemora abertura de mercado nos Estados Unidos para óleo de cozinha usado
EXPORTAÇÃO

Brasil comemora abertura de mercado nos Estados Unidos para óleo de cozinha usado

Brasil é recordista em rotas domésticas mais voadas na América Latina
TURISMO

Brasil é recordista em rotas domésticas mais voadas na América Latina

CUIDADOS

Festas juninas aumentam acidentes com queimaduras

Magistratura de MS debaterá inteligência artificial nos dias 20 e 21
CAPACITAÇÃO

Magistratura de MS debaterá inteligência artificial nos dias 20 e 21

DEBATE

Inclusão do esporte no vale-cultura divide a opinião de debatedores na CE

CAPITAL

Testemunha vê cadela mancando e homem vai preso por abusar sexualmente do animal

DOURADOS

Projeto "Orientação e Promoção de Saúde Bucal" é realizado na Escola Capilé

REGIÃO

Carga irregular de mais de 400kg de carne que iria para escolas é apreendida

FUTEBOL

Copa América começa hoje com campeã do mundo em campo

MATO GROSSO DO SUL

Deputados ingressam com ação popular contra reajuste nos pedágios da BR-163

Mais Lidas

TEMPO

Meteorologia aponta inverno dos 'extremos' com geada e onda de calor em MS

INFORME PUBLICITÁRIO

Escola de Dourados conquista o 1° lugar do estado no Enem e a 2ª melhor colocação do Brasil

DOURADOS

Exército diz que pista do Aeroporto será entregue até 30 de junho

CENTRO DE CONVENÇÕES

Festa Junina de Dourados começa nesta semana com shows nacionais e regionais