Menu
Busca segunda, 29 de novembro de 2021
Dourados
28°max
20°min
Campo Grande
30°max
23°min
Três Lagoas
33°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Repórter do Gugu vai falar do caso PCC na assembléia

15 setembro 2003 - 13h55

O repórter Wagner Maffezoli, autor da reportagem apresentada no programa "Domingo Legal" com supostos integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), será convocado para prestar esclarecimentos a deputados da Assembléia Legislativa de São Paulo. Não está descartada a hipótese de o apresentador Gugu Liberato também ser chamado.O SBT informou que não se pronunciará sobre o assunto. A matéria foi exibida no último dia 31 de agosto. Encapuzados, os entrevistados ameaçaram de morte apresentadores de outras emissoras e seus familiares. Há indícios de que a entrevista não passou de uma fraude. Um dos entrevistados seria um segurança.Segundo o deputado Romeu Tuma Júnior (PPS), presidente da Comissão de Segurança Pública, a audiência com o repórter será marcada para a próxima quarta ou sexta-feira."Armação""Precisamos saber o que aconteceu nessa entrevista. Já é esdrúxulo se veicular uma matéria desse tipo sobre o PCC. Se for uma armação, o fato é mais grave ainda", disse o deputado, que também integra a Frente pela Ética na TV --comissão formada em abril por três deputados para criticar e sugerir melhoras nos programas televisivos."Houve apologia ao crime e analisaremos se também há formação de quadrilha: na matéria tem os supostos membros do PCC, tem o repórter e tem o Gugu", disse Tuma.Para o deputado, se comprovada a fraude, o apresentador e o programa devem ser punidos, assim como o SBT. "Não podemos aceitar que uma concessão pública, como é o caso da emissora, seja usada para irresponsáveis fazerem apologia do crime em cadeia nacional."PolíciaOs deputados da Comissão de Segurança Pública também vão acompanhar as investigações sobre o caso feitas pelo Deic (Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado) e pelo Ministério Público Estadual.Na última sexta-feira, o repórter foi ouvido pela polícia. Ele disse que a entrevista não foi uma fraude. Maffezoli se reservou ao direito de preservar fontes, ou seja, não forneceu detalhes sobre a reportagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: vacinação nesta terça-feira segue apenas com D2 e D3
VACINAÇÃO
Covid-19: vacinação nesta terça-feira segue apenas com D2 e D3
BRASIL
Resultado do Enem será divulgado em 11 de fevereiro
NIOAQUE
Caminhoneiro fica preso às ferragens e morre após acidente na Serra de Maracaju 
Homem tenta matar ex-marido de enteada e é preso
REGIÃO
Homem tenta matar ex-marido de enteada e é preso
Anta de mais de 200 kg atolada à margem de rio é resgatada
BONITO
Anta de mais de 200 kg atolada à margem de rio é resgatada
BELEZA E ESTÉTICA
Descubra a argila ideal para cada tipo de pele
REGIÃO
Polícia apreende espingardas e facas durante cumprimento de mandados em assentamento
DOURADOS
Após entrega de prêmios, Aced anuncia tema do Concurso de Fotografia 2022
CAPITAL
Policiais civis cumprem diversos mandados de prisão em Campo Grande
ESPORTE
Basquete encerra atividades do Jogos Abertos de Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Vítima diz que assaltante devolveu dinheiro roubado após oração
CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre e mulher fica gravemente ferida após colisão frontal na MS-306
DOURADOS
Homem invade residência da ex, agride jovens com garrafa e acaba preso
LOTERIAS
Sete apostas de Dourados faturam R$ 1,1 mil na quadra