Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Repasto estima que 720 mil ha foram recuperados em dois anos

08 dezembro 2003 - 12h45

O Repasto, que está completando dois anos de execução este mês, conseguiu logo no primeiro ano do Programa incluir 230 mil hectares. A recuperação de terras em 2002 resultou num incremento de 180 mil toneladas de grãos. Assim como foram incorporados à agricultura 60 mil hectares de terras. Em 2003, a expectativa de recuperar 490 mil ha está sendo alcançada.Visando atingir a meta de renovar/recuperar dois milhões de ha de pastagens degradadas no período de quatro anos, é que a SEPROTUR, com o apoio de sindicatos rurais, Sebrae, Embrapa, Banco do Brasil e de instituições privadas, realizou neste período de dois anos 51 reuniões técnicas para produtores, oito dias de campo, seis cursos de capacitação para assistência técnica e dois seminários, aproximadamente quatro mil participantes entre produtores e técnicos.O seminário de comemoração do Programa, ocorrido na última sexta-feira no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, reuniu participantes de todos os curso básicos realizados pelo REPASTO. Neste evento, os participantes tiveram um panorama sobre integração lavoura x pastagem. O engenheiro agrônomo, Aurê Ribeiro Junior, que participou do Curso Básico de Programa recebeu das mãos do secretário de Estado da Produção e do Turismo, José Antônio Felício, certificado de conclusão. Para Aurê Junior fazer o curso do Repasto foi uma oportunidade para se reciclar. "Fazia tempo que não havia um curso direcionado à degradação de pastagem, estou agora aplicando na prática junto aos produtores, todo o conteúdo aprendido no curso", afirmou o engenheiro agrônomo.De acordo com o coordenador do Programa Repasto, Fábio Stefani "a tendência é que nos dois últimos anos do programa as metas sejam alcançadas e até mesmo superadas. O importante é que o problema está sendo enfrentado com consciência por parte dos produtores, pois sabem que uma pastagem degradada significa menor produtividade, redução na renda da propriedade, desemprego e desequilíbrio ambiental", frisou Stefani.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Fifa adia início das eliminatórias sul-americanas para outubro
CAMPO GRANDE
Polícia encontra mais de 100kg de drogas em residência
CASSEMS
Veja quem pode e como realizar testes rápido e molecular para detecção de Covid-19
REGIÃO
PMA apreende petrechos ilegais de pesca no rio Miranda
BRASIL
Mourão: empresários pedem definição de metas para a Amazônia
LADÁRIO
Homem posta vídeo de manobras perigosas em caminhonete e é multado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda nesta sexta em semana marcada por sobe e desce
CAMPO GRANDE
Corpo de homem com mãos e pés amarrados é encontrado em mata
MS-162
Mais de meia tonelada é apreendida em Dourados após perseguição
BRASIL
Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até setembro

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências