Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Remédio que previne contaminação pelo vírus HIV será oferecido pelo SUS este mês

Remédio que previne contaminação pelo vírus HIV será oferecido pelo SUS este mês

25 dezembro 2017 - 11h30Por Agência Brasil

Um medicamento que impede a propagação do vírus HIV na corrente sanguínea, já indicado como terapia antiretroviral nos Estados Unidos e em países da Europa, estará disponível ainda este mês para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) 12 estados.

O comprimido, fabricado por um grupo norte americano, já era indicado para o tratamento de soropositivos como parte do coquetel de aids.

A novidade é que o fármaco poderá ser utilizado agora por quem nunca entrou em contato com o vírus, mas pode estar exposto a ele durante a relação sexual. É o caso, por exemplo, de profissionais do sexo. Mas é bom lembrar que não protege o usuário contra outras infecções transmitidas sexualmente.

Segundo o médico Juan Carlos Raxach, coordenador da área de Promoção da Saúde e Prevenção da Associação Brasiliera Interdiscilpinar de Aids, embora o Truvada, nome comercial do medicamento, tenha demonstrado 99% de eficácia nos testes clínicos, para impedir a replicação do vírus HIV, não veio para substituir a camisinha.

“Está se falando muito que a profilaxia pré-exposição vem para acabar com o uso da camisinha. Chegou para ampliar as possibilidades de se prevenir da infecção do HIV. Então, ele não vai susbstituir a camisinha mas, com certeza, ampliará a possibilidade de prevenção e dará oportunidade àquelas pessoas que não gostam de usar a camisinha, de ter outro método para não se infectar com o vírus.”

A distribuição do remédio pelo SUS vai priorizar 7 mil pessoas com mais de 18 anos, consideradas grupos de risco de contaminação, incluindo profissionais de saúde, homens que se relacionam com homens, transexuais e casais sorodiscordantes - quando um dos parceiros é portador do HIV e o outro não.

Antes do início da terapia, no entanto, é necessário fazer exames, uma vez que o remédio é contraindicado para pessoas com doenças renais e desgaste nos ossos.

Ente as primeiras capitais a receber o medicamento estão Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Manaus e São Paulo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Ministério da Justiça monta sistema de acompanhamento do Enem
SANESUL
PPP atrai investidores para universalizar o sistema de esgotamento sanitário em MS
CAMPO GRANDE
Namorado encontra mulher morta sobre a cama
DOURADOS
Vacinação contra o sarampo segue aberta para pessoas de 20 a 49 anos
BRASIL
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
PANDEMIA
Adolescente morre por coronavírus em MS e Saúde investiga síndrome rara
FUTEBOL
Invicto e classificado, Palmeiras encerra fase de grupos na Libertadores contra o Tigres
DOURADOS
Orçamento prevê menos dinheiro para Cultura, Planejamento, Serviços Urbanos e Obras Públicas
IBGE
Obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
PARANHOS
Motocicleta é recuperada e jovem preso por receptação

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados