quarta, 08 de dezembro de 2021
Dourados
35°max
21°min
Campo Grande
32°max
22°min
Três Lagoas
35°max
20°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Relator propõe salário mínimo de R$ 270,00 em 2004

22 dezembro 2003 - 18h54

O relatório sobre o projeto de lei orçamentária para 2004, apresentado pelo deputado Jorge Bittar (PT-RJ) na manhã desta segunda-feira (22), sugere que o aumento do salário mínimo em 1º de maio de 2004 pode chegar a, pelo menos, R$ 270. - Não estamos este ano antecipando a definição do valor do salário mínimo. Nossas estimativas sugerem, à luz dos dados hoje disponíveis, que poderá ser concedido novo valor superior a R$ 270, com aumento real de mais de 5% - explicou Bittar em seu relatório.As estimativas de arrecadação e de gastos, disse o relator, têm que levar em conta diversas despesas orçamentárias importantes, que são vinculadas ao salário mínimo, como o seguro-desemprego, benefícios definidos pela Lei Orgânica de Assistência Social e, especialmente, os benefícios da Previdência Social.No caso dos benefícios previdenciários, as estimativas levaram em consideração o comportamento de arrecadação e de despesas no segundo semestre de 2003, em projeções de crescimento da massa salarial, da economia resultante da reforma da Previdência, do crescimento vegetativo das despesas com benefícios, do reajuste do salário mínimo e do reajuste dos demais benefícios.A necessidade de financiamento do grande déficit da Previdência continua, mas esses cálculos realizados no Congresso levaram à identificação de uma margem de absorção de despesas previdenciárias da ordem de R$ 3,6 bilhões entre receitas e despesas. Desse total, R$ 2,5 bilhões poderiam fazer frente ao gasto decorrente do aumento real do salário mínimo e o restante seria usado para começar o pagamento, em 2004, das revisões dos benefícios que estão sendo demandados na justiça, estimadas entre R$ 12 bilhões e R$ 14 bilhões.- Esses recursos adicionais permitirão que o presidente Lula possa propor um aumento do salário mínimo melhor do que o previsto na proposta original, permitindo que haja uma solução para o problema surgido com a necessidade de atualizar os proventos dos aposentados, face aos impactos de planos ocorridos nos anos 90 - analisou Bittar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL

Aluna de autoescola 'afoga' carro, motorista se irrita e esfaqueia pedestre

POLÍTICA

'Melhor perder a vida do que a liberdade', diz Ministro da Saúde Queiroga

Polícia apreende veículo carregado com maconha na região de fronteira
PARANHOS

Polícia apreende veículo carregado com maconha na região de fronteira

EX-PRESIDENTE DA CÂMARA

Justiça anula condenação de Eduardo Cunha a mais de 24 anos de prisão

Acidente envolvendo caminhonete e carretas deixa um morto na BR-158
CASSILÂNDIA

Acidente envolvendo caminhonete e carretas deixa um morto na BR-158

ENTRADA NO BRASIL

Governo rejeita barrar viajantes não vacinados e exigirá quarentena de 5 dias

Integrante do PCC foragida desde 2019 é presa por matar adolescente

EDUCAÇÃO

Instituto Federal abre 1.140 vagas em cursos técnicos a distância

NAVIRAÍ

Polícia Militar Ambiental recupera veículo furtado na rodovia MS-489

CASO TRIPLEX

MP vê prescrição e decide não apresentar nova denúncia contra Lula

Mais Lidas

OPERAÇÃO GEMINUS

Dono de transportadora de Dourados é preso em Operação que investiga tráfico de cocaína

REGIÃO

Douradense se afoga em balneário de Fátima do Sul

RIO DOURADOS

Bombeiros localizam corpo de douradense que se afogou em Fátima do Sul

OPERAÇÃO GEMINUS

PF cumpre 11 mandados em Dourados contra esquema de tráfico internacional de drogas