Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES

Reinaldo propõe isenção de ICMS para quem recuperar área degradada

13 setembro 2014 - 15h23

Para incentivar a produção no campo, o candidato ao governo Reinaldo Azambuja (PSDB) vai isentar da cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) quem recuperar e produzir em áreas degradadas. O incentivo será dado principalmente para pequenas propriedades e assentamentos rurais. Em Mato Grosso do Sul existem, segundo estudo da Embrapa, 9 milhões de hectares de terras degradadas, mas que podem se tornar um valioso ativo com a sua recuperação.



“Precisamos inserir essas áreas de pastagens degradadas nos processos produtivos, isentando a cobrança de ICMS na produção por cinco anos”, disse, nessa sexta-feira (12), durante visita a Batayporã, no Vale do Ivinhema. O município conta com três assentamentos rurais, onde vivem mais de 200 famílias.



Segundo Reinaldo, os assentamentos só não produzem mais porque o PT virou as costas para os assentados. “Fazer reforma agrária não é só colocar o homem na terra. É dar escola, saúde, água e assistência técnica. O pequeno produtor não fica no lugar que não tenha renda para sustentar a família”, completou.



Isenção de produtos

Outra medida fiscal defendida pelo tucano é a isenção de impostos para a produção de produtos que compõem a cesta básica. “Quem se dedicar à produção de itens da cesta básica não vai pagar imposto no nosso governo, como forma de estimular a produção” afirma.



Incentivo à produção leiteira

A exemplo de Goiás, administrado pelo PSDB, Reinaldo Azambuja quer estimular a produção de leite. A ideia é distribuir touros melhoradores, embriões de fêmeas para os assentados e módulos de irrigação para melhorar a produção.



“Quero apoiar a bacia leiteira nos assentamentos. Os laticínios do Estado estão trabalhando com ociosidade por falta leite. Precisamos produzir mais”, afirmou.



“MS parou no tempo”

Azambuja destacou ainda que Mato Grosso do Sul “parou no tempo” e não implantou nos últimos 20 anos programas de desenvolvimento capazes de fazer do Estado um modelo para o Centro-Oeste.



“Precisamos desenvolver nosso estado, potencialidades nós temos. Aqui tem gente trabalhadora, terras férteis e um clima extremamente favorável. Se tiver governo com visão, parceria pra levar desenvolvimento, vamos fazer este Estado avançar muito”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA YORK
Discurso de Bolsonaro abre debate da 76ª Assembleia Geral da ONU
AGRO
Semagro e Iagro lançam campanha para produção de alimentos seguros
Caminhão-tanque com etanol pega fogo e quase vai pelos ares
CHAPADÃO DO SUL
Caminhão-tanque com etanol pega fogo e quase vai pelos ares
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão
BRASIL
Governadores dizem que alta na gasolina é 'problema nacional'
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
REGIÃO
Mais Social: beneficiários já podem utilizar créditos nesta terça-feira

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina