Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Regras, troca de pilotos e equipes estreantes apimentam temporada

07 maio 2006 - 08h40

Escuderias e pilotos terão pela frente um campeonato imprevisível, como não se vê há anos na Fórmula 1; favoritismo diluído entre competidores e novos regulamentos criam expectativa para a etapa de abertura da categoria, no deserto do circuito de Bahrein. Novo regulamento, motores V8 e troca-troca de pilotos. Com inúmeras novidades, a Fórmula 1 inicia a sua temporada 2006 como uma das mais imprevisíveis dos últimos anos.Este será um campeonato de reafirmações para equipes e pilotos que têm em 2006 uma "segunda" chance para mostrarem a que vieram. A começar por Rubens Barrichello. Esta é a primeira vez em seis anos que o brasileiro correrá sem a sombra de Michael Schumacher, livre para vencer seu companheiro de equipe e munido de equipamento para tal. Seu adversário mais próximo será Jenson Button, rival interno na Honda.O inglês entra na temporada 2006 em busca de sua primeira vitória na categoria, e Barrichello tem aí uma oportunidade de mostrar que seus lamentos não eram sem razão e que o motivo por ter tão poucas conquistas em uma equipe que liderou cinco temporadas consecutivas era seu contrato, que o proibia de vencer o companheiro Michael Schumacher.No embalo, o ano se mostra decisivo também para o próprio heptacampeão, que em 2005 teve um desempenho pífio, sofrendo com um carro difícil de guiar e repleto de problemas não identificados pelo próprio "staff" da Ferrari.Aos 37 anos e em meio a infinitas especulações sobre sua aposentadoria, Schumacher já disse que só tomará uma decisão na metade do ano, mas que só fica se tiver um carro que possa disputar novamente o título. E é aí que entra o desafio da Ferrari, recuperar a hegemonia e manter o principal piloto de sua história, único a conquistar cinco títulos pelo time.Com Schumacher ainda como coadjuvante, o protagonista do campeonato é o atual campeão do mundo, Fernando Alonso. O espanhol assumirá um papel diferente do ano passado. Agora, passou de candidato a destronar Schumacher ao rótulo de "homem a ser batido". E terá como missões defender o seu título, o título da Renault e sua reputação profissional, como reforçou o presidente da montadora, Carlos Ghosn, durante o lançamento do novo carro. "Fernando é um profissional comprometido. Ele inicia o ano como campeão, e estará determinado a fazer justiça a esse título", disse o dirigente na ocasião. Alguns meses antes, a McLaren deixou vazar a informação de que já assinou com Alonso para 2007.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura multa empresas em R$ 300 mil por 'bagunça' em licitação de cestas básicas
DOURADOS
Prefeitura multa empresas em R$ 300 mil por 'bagunça' em licitação de cestas básicas
BALANÇO
Instituto Fuziy 2020
BALANÇO
Instituto Fuziy 2019
Com aglomeração após toque de recolher, dono de comércio xinga guardas e prefeito durante abordagem
DOURADOS
Com aglomeração após toque de recolher, dono de comércio xinga guardas e prefeito durante abordagem
Homens são detidos com drogas em praça de Dourados
FISCALIZAÇÃO
Homens são detidos com drogas em praça de Dourados
FUTEBOL
Rodada do brasileirão se completa hoje com mais seis partidas
DEODÁPOLIS
Operação de combate ao tráfico de drogas termina com um morto após confronto
DOURADOS
Novela 'Ferroeste' tem novo capítulo com agenda de Alan no Ministério da Economia
DOURADOS
Parque ambiental vira reduto para usuários de drogas e depósito de lixo
INFORME PUBLICITÁRIO
Vistoria veicular, emplacamento e serviços do Detran, é na Marcelino Pires

Mais Lidas

DOURADOS
Marido de mulher executada em emboscada é encaminhado para prestar depoimento
EXECUÇÃO
Bilhete ajuda SIG a prender suspeita de atrair detetive e atirador é localizado no MT
CAMPO GRANDE
Homem é espancado e confundido com serial killer depois de ser abandonado em rodovia
DOURADOS
Relacionamento conturbado e bens patrimoniais teriam motivado execução de Zuleide