sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
17ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Reforma universitária ganha apoio de movimentos sociais e sindicais

18 outubro 2004 - 14h38

 Onze representantes de entidades sociais e sindicais assinaram nesta segunda-feira, na região central da capital, um protocolo de cooperação para a redação final do anteprojeto de Lei da Reforma da Educação Superior. Eles foram recebidos pelo ministro da Educação, Tarso Genro. À tarde, mais oito entidades de movimentos sociais do campo também firmam o documento. “A reforma da universidade pública não pode ser feita sem a academia, mas não pode ser feita só com a academia. Se a sociedade não participa, a reforma pode revelar distorções corporativas e ser em vão”, disse o ministro. Tarso Genro estimou que o documento final esteja pronto em novembro. “Em seguida, será remetido ao presidente Lula para que ele decida se deve ser enviado ao Congresso ou se as discussões continuam por 30 ou 45 dias”, explicou. Na próxima semana, o ministro vai ao Senado para falar sobre a política do governo federal de cotas para afrodescendentes e indígenas nas universidades públicas. De acordo com o ministro, cerca de 60 a 70 mil alunos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano devem estudar gratuitamente em universidades particulares já em 2005, como desdobramento do Programa Universidade para Todos (ProUni). O programa foi instituído em setembro deste ano por medida provisória. O ministro informou que o Diário Oficial da União deve publicar a regulamentação do ProUni sairá no Diário Oficial da União nesta terça-feira. Participaram do encontro representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Confederação da Central Geral dos Trabalhadores (CGT), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Central Autônoma de Trabalhadores (CAT), Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme), Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN), Social Democracia Sindical (SDS) e Pré-Vestibular de Negros e Carentes (PVNC), do Rio de Janeiro.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA

Ladrão invade casa, agride e amarra moradora durante roubo

POLÍTICA

Manifestantes vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio

BONITO

Com carro furtado, motorista é parado a tiros ao tentar fugir da PM

SALÁRIO DE R$ 7,1 MIL

TJ/MS divulga gabarito oficial e resultado preliminar de concurso

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido
ORLA MORENA

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido

ACABOU A FERVURA?

El Niño chega ao fim, mas La Niña vem aí; saiba o que espera

Trabalhador fica ferido após cair em poço de cerca de seis metros

REPATRIADOS

Brasil vai receber da Suíça R$ 155 milhões recuperados de corrupção

CAMPO GRANDE

Homem é preso após fugir com filho e ameaçar atear fogo na casa da ex

JUDICIÁRIO

STJ anula provas contra dois investigados pela Lava Jato

Mais Lidas

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT

DOURADOS

Interno é encontrado morto de joelhos na PED e caso é investigado

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS