Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397

Reféns do assentamento Jibóia serão soltos após negociação

05 setembro 2003 - 10h35

A Polícia Militar informou agora há pouco que os líderes do assentamento Jibóia, localizado em Sidrolândia, querem a presença de um representante do governo do Estado para só depois soltar os sete reféns que faziam o trabalho de ampliação da rede de energia elétrica na região. Conforme o tenente Osvaldo Rios, os funcionários são de uma empresa que presta serviço ao programa Luz do Campo e que foi contrata pela Agesul.Ainda de acordo com o tenente, a situação no momento é tranqüila e os assentados reivindicam que o programa passe a beneficiar os produtores rurais do Jibóia. “Eles informaram para a equipe da PM que foi ao local que, enquanto não for ninguém do governo negociar com eles, os reféns continuaram retidos”, disse Rios. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia usa drone para achar e prender suspeito de planejar morte de policial
LADÁRIO
Polícia usa drone para achar e prender suspeito de planejar morte de policial
IMUNIZANTE
Covid-19: Moderna confirma 13 milhões de doses da vacina para o Brasil
Motorista que saiu de MS é preso com cocaína em Minas Gerais
POLÍCIA
Motorista que saiu de MS é preso com cocaína em Minas Gerais
JUDICIÁRIO
TJ/MS divulga resultado da prova de sentença do Concurso da Magistratura
GPS e drone descobrem área de vegetação desmatada ilegalmente 
NOVA ANDRADINA
GPS e drone descobrem área de vegetação desmatada ilegalmente 
FUTEBOL
Lances de mão na bola terão novas regras; entenda o que muda
BATAGUASSU
Homem é encontrado morto com tiros na cabeça em área de pasto
PANTANAL
Agesul interdita parcialmente ponte na MS-243, na região do Nabileque
CORUMBÁ
Bombeiros suspendem buscas por homem desaparecido há 12 dias em fazenda
PAGAMENTO
Guedes diz que governo antecipará 13º de idosos e dos 'mais frágeis'

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF