Menu
Busca domingo, 24 de maio de 2020
(67) 99659-5905

‘Reconstruir o Presidente Vargas é resgatar a história’, diz Geraldo

14 dezembro 2009 - 17h28

O sonho da reconstrução da Escola Estadual Presidente Vargas começa a se tornar realidade. Nesta segunda-feira (14) os deputados federais Geraldo Resende e Waldemir Moka (ambos do PMDB), e o arquiteto Ângelo Arruda, apresentaram para uma platéia de aproximadamente 100 pessoas – entre professores, pais, diretores, funcionários, ex-alunos e ex-professores – o projeto de revitalização da escola, que praticamente foi aprovado por unanimidade.
De acordo com a proposta elaborada por Ângelo Arruda atendendo sugestões da comunidade estudantil, a escola terá todo seu espaço físico modernizado. A parte dos fundos será demolida totalmente, estando prevista a construção de um novo pavilhão com dois pavimentos; um anfiteatro com capacidade para 300 pessoas; recuperação do paisagismo de todo o pátio; além da implantação de laboratórios, 24 salas de aula, biblioteca, secretaria, direção e recepção.
O projeto de reconstrução entregue pelo governo do Estado ao Ministério da Educação prevê um investimento de R$ 4,2 milhões. Para tanto, Geraldo Resende e Waldemir Moka apresentaram, cada, uma emenda de R$ 750 mil, totalizando R$ 1,5 milhão. O restante será viabilizado junto ao Fundo Nacional da Educação (FNDE) e o governo do Estado.
A reconstrução deve ser iniciada até fevereiro de 2010. Para disponibilizar o espaço, a direção do Presidente Vargas já está preparando a remoção dos alunos para um prédio provisório que vai abrigar a escola durante o período das obras.
Emoção
O encontro para apresentação do pré-projeto foi carregado de emoção, pois contou com a presença de muitos membros da comunidade escolar atual, mas também de pessoas que passaram pelo Presidente Vargas há muitos anos, entre elas, a professora Neusa Amaral (viúva do doador da área onde a escola está construída, professor Celso Muller do Amaral, ela também ex-professora da primeira turma da escola) e o ex-professor Merlington Braff, que também foi professor da primeira turma, formada em 1961.
Um dos ex-alunos presentes foi o deputado federal Geraldo Resende, que se emocionou ao relembrar dos ex-professores, ex-alunos e funcionários, que passaram pelo Presidente Vargas. “Foi aqui que adquiri ensinamentos importantes que me possibilitaram, posteriormente, cursar Medicina e entrar na vida pública. Da mesma forma, milhares de pessoas venceram na vida graças à formação que obtiveram nessa escola”, ressaltou.
Para Geraldo Resende, “reconstruir o Presidente Vargas é resgatar a história de Dourados”. Ele considera um ato de reconhecimento poder participar do projeto de reconstrução. “Retribuo toda a hospitalidade e carinho que recebi, encampando um projeto tão amplo e bonito como esse. É uma satisfação imensa poder participar desse momento”, comentou.
O deputado Waldemir Moka foi outro que falou na oportunidade e ressaltou a importância do Presidente Vargas para a história de Dourados, destacando o papel de Geraldo Resende na luta pela reconstrução. “Tenho orgulho de estar contribuindo com o Geraldo, com a comunidade escolar e com a sociedade douradense para a reconstrução desse importante marco da história douradense”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIA MUNDIAL
Situação de stress social pode ser gatilho para quem tem esquizofrenia
ESTADO
Canil do Corpo de Bombeiros participa de ocorrências no interior e na capital
ESPORTE
Beach Handebol brasileiro busca alternativas para se manter no topo
INTERIOR
Com peças de Lego, alunas da UEMS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
DOURADOS
MPE arquiva investigação sobre qualidade da internet fibra óptica e banda larga
COVID-19
Agência diz que EUA devem proibir viajantes do Brasil
ESTADO
TJMS implanta Serviço de Informação ao Cidadão
ESTADO
Governo mantém entrega de 1,7 mil moradias para 2020
MINISTRO
Internado para cirurgia, Toffoli apresenta sintomas de covid-19
ESTADO
Decisão pela devolução à consumidora de valor pago por carro defeituoso é mantida pelo TJMS

Mais Lidas

PANDEMIA
Números continuam aumentando e Dourados tem mais nove casos confirmados de coronavírus
TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
DOURADOS
Servidor da PED é diagnosticado com coronavírus e outros agentes são afastados