Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Recife: Jarbas Vasconcelos descarta receber Lula

17 setembro 2004 - 20h46

O governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB), anunciou hoje que não receberá o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, amanhã, em sua visita a Recife, devido ao acirramento da disputa eleitoral envolvendo os candidatos do PT e do PMDB na cidade."Há um clima eleitoral estabelecido na cidade, e o presidente está vindo nos últimos dias que antecedem o primeiro turno. Então, resolvi deixá-lo à vontade para que ele cumpra, na nossa cidade, os compromissos agendados com os seus correligionários", declarou Jarbas, por meio de nota divulgada por sua assessoria. A provável ausência do governador na visita de Lula vinha sendo comentada nos bastidores do governo há dez dias, mas só voltou a ganhar força anteontem, após a detenção de três policiais da Casa Militar, acusados de espionagem contra um advogado. O caso bateu às portas do palácio e ganhou cores da campanha por envolver o defensor da artesã Maria do Socorro dos Santos, pivô da maior polêmica surgida até agora na disputa eleitoral. Ex-moradora da favela de palafitas de Brasília Teimosa, Maria dos Santos apareceu, em agosto, na propaganda de TV dos candidatos do PMDB, Carlos Eduardo Cadoca, que tem o apoio do governador, e do PT, João Paulo. No programa de Carlos Cadoca, ela criticou o prefeito por não entregar as casas das famílias retiradas no ano passado das palafitas. Três dias depois, na propaganda do PT, pediu desculpas e disse que foi induzida pelos peemedebistas a mentir, com promessas de ajuda a seus filhos presos. No dia 2 deste mês, a artesã foi encontrada amarrada em um mangue. Ela disse que foi seqüestrada, roubada e agredida por dois homens desconhecidos. Amanhã, Lula vai visitar justamente as obras de urbanização de Brasília Teimosa e de construção das casas prometidas pelo prefeito. Reação da OAB A detenção dos policiais acusados de espionagem continuou a repercutir ontem. A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) classificou de "risível" a explicação do governo estadual sobre o caso. "O que houve foi abuso de poder e o descumprimento da ordem constitucional", disse o presidente da OAB de Pernambuco, Júlio Oliveira. "A Polícia Federal precisa assumir a investigação, porque a polícia de Pernambuco não tem mais credibilidade para apurar o fato", declarou. O conselheiro federal da entidade Ademar Regueira afirmou que a OAB vai pedir ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, que acione a PF. "É preciso saber quem mais estava sendo investigado e quem de fato autorizou a operação", declarou. O GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil assumiu a responsabilidade pela ação. Disse que pediu ao serviço reservado da PM que seguisse o advogado, alegando que o monitoramento fazia parte da investigação sobre a agressão sofrida pela artesã no início deste mês. Quando foram detidos, os policiais portavam armas, binóculo, filmadora, máquinas fotográficas e carregavam um dossiê com dados pessoais de Mororó, de sua família e amigos dele. Entre os papéis, havia também um recorte de jornal com a foto da artesã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas
BATAGUASSU
Mulher pediu medida protetiva quatro dias antes de ser morta pelo ex
EMPREGO
Exército Brasileiro abre concursos para 170 vagas de nível superior
CORUMBÁ
Com veículo de locadora, homem tenta ir para a Bolívia visitar o irmão
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 437 mil mortes por Covid, com 1.039 nas últimas 24 horas
OPERAÇÃO HÓRUS
PMR apreende contrabando de anabolizantes na rodovia MS-164
BRASIL
Taxas públicas e multas poderão ser quitadas com o PicPay
Jardineiro é preso após ferir criança de 6 meses e esganar mulher

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS