Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Rastreamento bovino do MS será discutido amanhã

11 março 2004 - 08h35

Amanhã, a partir das 8h30, representantes de empresas leiloeiras de gado estarão discutindo, no Plenário da Assembléia Legislativa de Campo Grande, as exigências dos governos federal e estadual para a comercialização de bois em Mato Grosso do Sul. Paulo Correa (PL), que sugeriu a reunião, explicou que está sendo exigida a colocação de brincos nos bois para que se faça a rastreabilidade do gado que será comercializado no Estado, acarretando maiores custos para os produtores e inviabilizando este comércio, que emprega (direta e indiretamente) cerca de 10 mil pessoas no Estado nos 30 leilões em funcionamento. Após a reunião na Assembléia Legislativa, será elaborado um documento com as reivindicações e propostas do setor para ser entregue a representantes do Governo federal que estarão em Campo Grande no período da tarde de sexta-feira. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Novos profissionais comemoram graduação em Medicina na UFGD
LEGISLATIVO
Projeto susta decisão da Receita Federal sobre exportação de suco de laranja
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
MEIO AMBIENTE
Jiboia é capturada nos fundos de residência em Bonito
PANDEMIA
Número de casos de Covid-19 chega a 8,75 milhões no Brasil
REGIÃO
Sanesul apresenta investimentos em saneamento à prefeitura de Água Clara
IMUNIZAÇÃO
Projeto exige dados sobre raça, sexo e pessoa com deficiência em notificações de Covid
ESPORTE
Juventude bate Figueirense e segue na luta pelo acesso à Série A
Fisioterapia e Farmácia estão entre as profissões que mais crescem na pandemia
R$ 7,9 MILHÕES
Rede de coleta de esgoto avança em Guia Lopes da Laguna
Vestibular 2021
Em Amambai, Uems oferece vagas para cursos de Ciências Sociais e História

Mais Lidas

CENTRO
Primeiro acidente de trânsito com vítima fatal neste ano é registrado em Dourados
DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado