Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Raiva humana pode ter matado mulher em Minas Gerais

27 dezembro 2003 - 14h59

Morreu na manhã desta sexta-feira no hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte, a paciente C.S.S.P., 45, que desde a semana passada estava internada com suspeita de ter contraído raiva. Ela morava em Serra Azul de Minas, na região do Alto Jequitinhonha (373 km da capital mineira).A mulher foi mordida por um cão no início do mês passado, mas não havia procurado tratamento adequado. Os três filhos dela receberam tratamento através de vacina e soro, já que tiveram contato com o mesmo cão. O animal morreu pouco tempo depois de mordê-la.Os exames preliminares não indicaram a doença. A Secretaria da Saúde do Estado de Minas Gerais aguarda os resultados de outros exames que estão sendo feitos pela Funed (Fundação Ezequiel Dias) e outros laboratórios, como o Instituto Pasteur, de São Paulo.Técnicos da área da saúde estão trabalhando na região de Serra Azul de Minas em busca de pessoas e animais doentes. Os vizinhos da mulher também receberam tratamento por terem tido contato com o animal.Os cerca de 900 cães e gatos da cidade estão sendo vacinados contra a raiva desde o dia 22. A vacinação é feita casa a casa, nas zonas rural e urbana.No ser humano, os primeiros sintomas da doença aparecem, em média, em 45 dias. Os mais comuns são mal-estar geral, pequeno aumento de temperatura, falta de apetite, dor de cabeça, náuseas, dor de garganta, irritabilidade, inquietude, formigamento, paralisias e espasmos musculares. Convulsões também podem ocorrer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Ensinar a socializar no período de isolamento social , é possível?
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas
COMER BEM
Cacau Show: saiba quais são os pontos de vendas e evite filas
ARQUITETURA & DESIGN
Qual o melhor tipo de piscina?
POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília
CAMPO GRANDE
Condenado a 13 anos, homem é preso sete anos depois do crime
UFGD
Inscrições para contratação de professor visitante vão até o dia 17
RIBAS DO RIO PARDO
Caseiro atira contra ‘invasores’ e descobre que eram parentes do patrão
SOLIDARIEDADE
Campanha do Agasalho Abevê espere arrecadar 38 mil peças de roupa

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma mais um caso de coronavírus e Estado chega a 89
COVID-19
Dos casos de coronavírus em Dourados, três estão curados e um internado
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí
DOURADOS
Dupla é presa acusada de tentativa de homicídio e fazer criança como escudo