Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

PT pode ir à Justiça se Câmara arquivar “Caso Hora”

02 dezembro 2003 - 13h44

O presidente em exercício do PT em Dourados, o secretário municipal de Educação, Antonio Leopoldo Suypene, disse nesta manhã que o partido poderá recorrer à Justiça comum se a Câmara arquivar a denúncia de quebra de decoro, feita pelo PT contra o vereador Walter Hora (PPS). O arquivamento será recomendado pela Comissão Processante instalada para investigar o pedido de cassação. Walter Hora é acusado de dano ao patrimônio público por depredar uma ciclovia na periferia de Dourados. O parecer recomendando o arquivamento deve ser votado na sessão desta terça-feira e precisa ser aprovado por no mínimo 12 dos 17 vereadores. Suypene afirma “desconhecer” a legislação citada pelo presidente da comissão, Carlinhos Cantor (PL), segundo a qual, o dirigente não teria legitimidade para fazer a denúncia por acumular os cargos de secretário de Educação e de presidente do PT. “Quem fez a denúncia foi a Executiva do partido”, afirmou Suypene.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Guarda patrimonial é preso por dirigir embriagado dentro do Detran
MEIO AMBIENTE
Paulista é autuada em R$ 116 mil por desmatamento para pastagem
PANDEMIA
Idosa morre em Aquidauana por Covid-19 e óbitos chegam a 15
COMÉRCIO EXTERIOR
Balança comercial tem superávit recorde de US$ 8,06 bilhões em julho
CAPITAL
Polícia apreende quase 4 toneladas de maconha que seguiria para o RJ
PANDEMIA
Taxa de letalidade da Covid-19 sobe para 1,6% em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA
Dólar fecha em forte alta e volta a superar R$ 5,30
AÇÃO CONJUNTA
Operação intensifica combate aos incêndios na região do Pantanal
CONSUMIDOR
Preço médio da gasolina dispara em Dourados
CORONAVÍRUS
Uma em cada três cidades da macrorregião de Dourados estão em situação de 'alto risco'

Mais Lidas

ACIDENTE
Motociclista perde controle da moto e invade estabelecimento na Marcelino Pires
ACIDENTE
Jovem é atropelado em Dourados e motorista foge do local sem prestar socorro
TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa