Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

PT diz que Serra 'age com hipocrisia' e chama Guerra de 'jagunço'

21 janeiro 2010 - 15h30

Em nota divulgada nesta quinta-feira (21) no site do partido, o PT afirma que o governador de São Paulo e pré-candidato tucano à Presidência, José Serra, age com hipocrisia ao dizer que não entrará em “bate-boca eleitoral”. O PT diz ainda que Serra usa o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, como “jagunço”.



O bate-boca entre petistas e tucanos começou quando a ministra afirmou em discurso na terça-feira (19) que a oposição ameaça acabar com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fazendo referência a uma entrevista de Guerra à revista a Veja.



O PSDB soltou uma nota no mesmo dia dizendo que Dilma é reconhecida por "falta de experiência política". Na quarta-feira (20), o presidente do PT, Ricardo Berzoini (SP), afirma que o PSDB está "descontrolado e perde a chance de ficar calado". Na noite de quarta os tucanos subiram o tom e uma nota assinada por Guerra afirma que a ministra mente e "usa a mentira como método".


A nota do PT divulgada nesta quinta é assinada por Berzoini e pelo presidente eleito da legenda, José Eduardo Dutra (SE). Eles afirmam que a oposição é “incapaz de produzir um programa de governo que sensibilize os corações e as mentes dos brasileiros”.

Os dirigentes petistas partem para o ataque contra os tucanos: “O que mais salta aos olhos é a hipocrisia do candidato de PSDB, José Serra, que ao mesmo tempo em que afirma estar “concentrado no trabalho” e que “não vai entrar nenhum bate-boca eleitoral de baixaria", usa o presidente do seu partido como um verdadeiro jagunço da política para divulgar uma nota daquele teor”.

O PT termina a nota dizendo que deseja fazer um debate eleitoral de “alto nível”. “O PT reafirma que pretende fazer um debate de propostas e projetos, em alto nível, que permita ao povo brasileiro escolher o caminho mais adequado ao nosso país”.



A assessoria do governador José Serra disse que ele reafirma as declarações de que ele não irá se envolver em bate-boca. O G1 tentou contato com a assessoria de Sérgio Guerra, mas as ligações não foram atendidas.


Veja a íntegra da nota do PT:
Em nota publicada na noite da última terça-feira (19), dizíamos que "torcemos para que o PSDB se encontre e produza um programa de governo, para que possamos ter um debate de alto nível neste ano eleitoral".

A nota divulgada ontem (20) pelo presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, mostrou que nossas esperanças eram infundadas. De forma desqualificada, vil, caluniosa e grosseira para com a Ministra Dilma Rousseff, o que merece repúdio de todos, a nota revela o desespero por que passa a oposição brasileira, incapaz de produzir um programa de governo que sensibilize os corações e as mentes dos brasileiros.

Até entendemos o desequilíbrio do senador Sérgio Guerra, que, recentemente, em entrevista à revista Veja, descuidou-se e revelou as verdadeiras intenções de seu partido em acabar com o PAC, o que deve ter lhe rendido severas reprimendas de seus pares.

No entanto, o que mais salta aos olhos é a hipocrisia do candidato de PSDB, José Serra, que ao mesmo tempo em que afirma estar “concentrado no trabalho” e que “não vai entrar nenhum bate-boca eleitoral de baixaria", usa o presidente do seu partido como um verdadeiro jagunço da política para divulgar uma nota daquele teor.

O PT reafirma que pretende fazer um debate de propostas e projetos, em alto nível, que permita ao povo brasileiro escolher o caminho mais adequado ao nosso país.

Ricardo Berzoini
Presidente Nacional do PT

José Eduardo Dutra
Presidente eleito do PT

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Dois são presos após realização de festa em residência durante pandemia
JUDICIÁRIO
STF marca julgamento sobre Weintraub de inquérito das fake news
PIQUIRI
Adolescente some em pescaria e bombeiros fazem buscas em Rio
DOURADOS
Pesquisa da UFGD pretende auxiliar em novos planejamentos de teletrabalho
ACIDENTE
Homem morre após cair do telhado de casa enquanto fazia reparos
APOSENTADORIA
INSS: último balanço mostra 1,8 milhão de benefícios represados
POLÍCIA
Foragido há dois anos acusado de matar idoso estrangulado é preso
CONVERSA COM BIAL
'O presidente esqueceu de combinar comigo', diz Aras sobre nota de Bolsonaro
JUSTIÇA
TJ/MS manda Delegado acusado de furtar droga de volta para a prisão
GERAL
Cartórios de notas realizam serviços por videoconferência em todo país

Mais Lidas

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce