Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

PSDB decide na próxima semana se fecha questão sobre reforma da Previdência

PSDB decide na próxima semana se fecha questão sobre reforma da Previdência

10 dezembro 2017 - 08h30Por Agência Brasil

O novo presidente nacional do PSDB e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, eleito hoje (9) na convenção do partido, vai convocar uma reunião da Executiva Nacional e da bancada tucana na Câmara na próxima semana para definir o posicionamento do partido na votação da reforma da Previdência. Alckmin disse ser favorável ao fechamento de questão a favor da proposta do governo, mas adotou um tom cauteloso ao se referir à posição do partido.

“Pessoalmente, sou favorável à reforma da Previdência. Já a fiz, em 2011, em São Paulo. A minha posição pessoal é pelo fechamento de questão, mas essa não é uma decisão só da executiva do partido. É também da bancada. Acho que o caminho agora é o caminho do convencimento”, disse Alckmin, que foi escolhido novo presidente do PDSB por 470 votos a favor, três contrários e uma abstenção.

Quando um partido fecha questão sobre uma votação, os parlamentares que não acompanham a decisão da executiva podem sofrer penalidades, como suspensão de atividades partidárias ou até mesmo expulsão da legenda. Essa semana, o PMDB e PTB fecharam questão a favor da aprovação da proposta do governo para a reforma da Previdência.

Durante a 14ª Convenção Nacional do PSDB, outros líderes do partido também se posicionaram a favor da reforma. Alberto Goldman, que ocupou a presidência interina do partido até a eleição de hoje, defendeu a proposta feita pelo governo de Michel Temer. Goldman, no entanto, não deixou claro se o partido vai permanecer na base aliada do governo. O assunto não foi discutido oficialmente na convenção.

O senador Aécio Neves (MG), que era presidente o partido até maio, quando pediu afastamento, também se mostrou favorável à reforma. “Pior do que vir a reforma da Previdência sem os votos do PSDB é vê-la não aprovada pela ausência dos votos do PSDB”, disse. O senador foi vaiado ao entrar no auditório em que ocorreu a convenção e ficou menos de uma hora no local.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Trutis tem candidatura para prefeito da capital negada
REGIÃO
Mulher é flagrada pela polícia por tráfico de papagaio
REGIÃO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro
PANDEMIA
Mulheres obedecem mais às restrições de isolamento
REGIÃO
Filhote de cervo-do-pantanal ferido após atropelamento é socorrido pela PMA
REGIÃO
Após divulgar pesca predatória na internet, pescador é autuado pela PMA
ECONOMIA
Banco Central registra recorde de remessas de dólares para Brasil
REGIÃO
Traficantes são presos com quase 1 t de droga logo após tentarem atropelar policiais
MUNDO
EUA registram os 2 dias com mais infectados por Covid-19 desde o início da pandemia
LEVANTAMENTO
Rendimento médio per capita dos domicílios em MS cresce em todas as comparações

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares