Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Provas para o Concurso da Magistratura acontecem na Capital

25 abril 2004 - 08h44

Começou há pouco a primeira prova do XXV Concurso Público para Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado de Mato Grosso do Sul. O exame está sendo realizado no Colégio Oswaldo Tognini da Funlec, em Campo Grande. Os 842 inscritos terão de responder a 100 questões objetivas com quatro alternativas, das quais apenas uma é a correta, em quatro horas de prova. O exame é classificatório para as fases seguintes do Concurso. De acordo com o Edital, serão classificados os candidatos que alcançarem nota superior ou igual a 50 pontos, em número correspondente a oito vezes o número de vagas oferecidas, além dos candidatos empatados em último lugar da classificação. O resultado será publicado no Diário da Justiça e os classificados serão convocados para realizar a inscrição definitiva. A segunda fase acontece no período de 2 a 5 de agosto. Nesta etapa o exame é escrito e só seguirão para as próximas duas fases quem obtiver nota superior a 50% do total da prova. As últimas fases serão a prova prática, a prova oral e a apresentação de títulos. Beatriz Contar, que já fez outros concursos para ingresso na magistratura, avalia a prova objetiva como uma das fases mais difíceis, porque é necessário ter todo o conteúdo decorado e essa preparação consome até oito horas diárias de estudo. “Estou estudando há bastante tempo, e só vou parar no sábado à tarde”, explica a candidata. A concorrência é bastante forte, comenta Beatriz, mas Mato Grosso do Sul tem condições de oferecer bons candidatos. “Campo Grande conta com bons cursos preparatórios, o que aumenta o nível dos candidatos locais”, diz Beatriz. Conforme informações do Conselho Superior da Magistratura, responsável pelo concurso, candidatos de todo o país se increveram, sendo que só as inscrições das regiões Sul e Sudeste ultrapassaram 50% do total.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Assembleia apresenta projeto para plano de imunização de professores
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,2 bilhões
ECONOMIA
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,2 bilhões
Homem é autuado em R$19 mil por desmatamento ilegal
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em R$19 mil por desmatamento ilegal
Em menos de um mês, valor médio da gasolina sobe quase R$ 0,30 em Dourados
SEU BOLSO
Em menos de um mês, valor médio da gasolina sobe quase R$ 0,30 em Dourados
Preço dos itens da cesta básica tem variação maior que 220%, diz pesquisa
CAMPO GRANDE
Preço dos itens da cesta básica tem variação maior que 220%, diz pesquisa
ORÇAMENTO 2021
Bancadas terão R$ 241,4 milhões para emendas impositivas em 2021
ECONOMIA
Após reunião, governo congela pauta fiscal da gasolina em MS
MS
Renato Câmara solicita prorrogação das aulas presenciais devido a pandemia
MS
Possibilidade de que cartórios de registro civil façam transferência de veículos é avaliada
BRASIL
Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça-feira

Mais Lidas

REGIÃO
Homem é preso após estuprar menina de 11 anos
POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS
Câmara aprova projeto do Executivo para elevar remuneração de secretários municipais
BELEZA
Representante de Dourados está na final do Miss Brasil Teen