Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397
COVID-19

Promotora pede esclarecimentos sobre vacinação em Dourados e Laguna Carapã

24 janeiro 2021 - 10h15Por André Bento

A promotora de Justiça Rosalina Cruz Cavagnolli quer esclarecimentos sobre o trabalho de vacinação contra a Covid-19 em Dourados e Laguna Caarapã. Para isso, determinou envio de ofícios aos prefeitos Alan Guedes (PP) e Ademar Dalbosco (MDB), respectivamente, com prazo de cinco dias úteis para respostas. 

Essa iniciativa integra o Procedimento Administrativo número 09.2021.00000181-1, instaurado pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) com objetivo de acompanhar as ações e medidas que estão sendo executadas pelas gestões de saúde dos dois municípios para a operacionalização do Plano de Vacinação contra a COVID-19. 

Expedidos na sexta-feira (22), os ofícios da 10ª Promotoria de Justiça de Dourados solicitam no prazo de cinco dias úteis encaminhamento de esclarecimentos sobre elaboração do plano para a operacionalização da vacinação, com remessa da cópia, caso a resposta seja positiva. 

Também são requeridos Frederico de Oliveira Weissinger, secretário municipal de Saúde de Dourados, e Danilo José Pagnussat, titular da pasta em Laguna Carapã.

Os gestores públicos devem responder ainda se os respectivos municípios possuem sistema eletrônico de cadastro, acompanhamento e gerenciamento de vacinas e respectiva estratégia que será adotada para controle das doses da vacina. 

Também é questionado qual a estimativa do quantitativo de pessoas dos grupos prioritários para a imunização e se referidos grupos estão regularmente informados junto à Secretaria Estadual de Saúde. 

“Quais medidas adotadas/planejadas para evitar a aglomeração de pessoas e a redução de tempo médio de espera de cada indivíduo para realização do procedimento da vacinação e o registro do vacinado” é outro questionamento. 

Por fim, a representante do MPE questiona “quais as medidas adotadas pela Secretaria Municipal de Saúde para garantir a disponibilização de materiais e equipamentos de proteção individual aos profissionais da Rede Municipal de Saúde, para o atendimento, bem como, o gerenciamento do estoque municipal de vacinas e outros insumos, incluindo o armazenamento e o transporte para seus locais de uso, conforme as orientações/normativas do Ministério da Saúde/ANVISA”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aiatolá iraquiano diz ao papa que cristãos deveriam viver em paz
INTERNACIONAL
Aiatolá iraquiano diz ao papa que cristãos deveriam viver em paz
Paranaense é autuado em R$ 5 mil por construir estrada sem autorização ambiental
REGIÃO
Paranaense é autuado em R$ 5 mil por construir estrada sem autorização ambiental
FRONTEIRA
Moradora acorda com barulho e encontra janelas 'furadas de bala'
Dourados tem mais de 40 pessoas internadas em UTI's com Covid
PANDEMIA
Dourados tem mais de 40 pessoas internadas em UTI's com Covid
FUTEBOL
Pelo Carioca, Flamengo recebe o Macaé no Maracanã
NOVA ANDRADINA
Dupla é presa por tráfico, direção perigosa, desobediência e infração de medida sanitária
PORTO MURTINHO
Pecuarista é autuado em R$ 90 mil por desmatar vegetação em área protegida
PANDEMIA 
Em seis dias, MS registrou quase 80 óbitos por coronavírus
FUTEBOL
Paulistão tem clássico San-São neste sábado
REGIÃO
Homem é preso após aplicar golpes em comerciantes de Bataguassu

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF