Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Projeto quer regulamentar profissão de fotógrafo

23 janeiro 2004 - 15h39

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público analisa o Projeto de Lei 1740/03, do deputado Fernando de Fabinho (PFL-BA), que regula a profissão de fotógrafo. De acordo com o texto da matéria, é considerado fotógrafo profissional aquele que, usando a luz, registra imagens estáticas ou dinâmicas em material fotossensível, com a utilização de equipamento ótico apropriado seguindo o processamento manual e eletromecânico até o acabamento final.O projeto diz ainda que podem exercer a profissão de fotógrafo os diplomados por escola de fotografia de nível superior, devidamente reconhecida; os diplomados por escola de fotografia de nível superior localizada no estrangeiro, com diplomas revalidados no Brasil na forma da legislação vigente; os que, embora não-diplomados nesses termos, tenham, à data da publicação da lei, comprovadamente, exercido a profissão de fotógrafo por, no mínimo, cinco anos ininterruptos ou dez intercalados.Também segundo o projeto, a atividade profissional do fotógrafo compreende a fotografia, dinâmica ou estática, realizada para empresa especializada inclusive em serviços externos; a fotografia produzida para o ensino técnico e científico; a fotografia para publicidade, divulgação e informação ao público; o ensino da fotografia; e outros serviços correlatos ou afins.O autor da matéria observa que ninguém desconhece a relevância que o trabalho dos fotógrafos vem adquirindo nas últimas décadas. "Esses profissionais são indispensáveis na publicidade, nas comunicações, na indústria gráfica e editorial etc. É, portanto, importante que a atividade do fotógrafo seja exercida por profissionais dotados de formação adequada, de modo que sua atuação não ofereça risco de prejuízos para a sua clientela, em particular, e para a sociedade, globalmente considerada", diz o parlamentar.A matéria será também apreciada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação. Se aprovado nas duas comissões, e não houver requerimento para apreciação pelo Plenário da Câmara, o projeto seguirá para o Senado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTREGA
Condutor jpa consegue receber CNH sem sair de casa em MS
LEGISLATIVO
Estado de calamidade pela Covid-19 é reconhecido em mais 4 cidades de MS
BRASIL
Atividade econômica caiu 7% em abril, estima FGV
ALCINÓPOLIS
Drone flagra carvoaria e exploração irregular de madeira
DICA
Profissional de Educação Física fala sobre os cuidados necessários ao fazer exercícios em casa
LEGISLATIVO
LDO começa a tramitar estimando impactos da Covid-19 e receita de R$ 16 bilhões
MUNDO
Alívio da dívida para países pobres pode se estender até final do ano
MEIO AMBIENTE
Lei sancionada pelo Governo de MS define 12 de novembro como Dia do Pantanal
SAÚDE
OMS anuncia retomada de testes com hidroxicloroquina para Covid-19
TRÁFICO DE DROGAS
Caminhão com placas de Dourados é apreendido com mais de 700 kg de maconha em SP

Mais Lidas

6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PED
Policiais penais frustram tentativa de fuga na Penitenciária de Dourados