Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99659-5905
MS

Projeto Florestinha aborda conscientização com mais de 2 mil alunos

22 setembro 2017 - 14h50


O Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para 2.605 alunos em Bandeirantes, Campo Grande e São Gabriel nas atividades comemorativas ao dia da árvore.

A data foi celebrada neste dia 21 de setembro. Desde o dia 11 até esta sexta-feira (22), os trabalhos foram realizados nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Em São Gabriel do Oeste com parceria da Prefeitura Municipal e uma equipe do Projeto Florestinha da Capital participaram 1.885 alunos das seguintes escolas: Escola Municipal Ênio Carlos Bortolini, Escola Municipal Senador Filinto Muller, Fundação Educacional Cristo Redentor, Escola Municipal Nilma Glória Gerace Gazineu, Escola Municipal Pingo de Gente e Escola Municipal Armelindo Tonon.

Entre os dias 18 a 22 foram atendidos 1.220 alunos de sete escolas do município de Bandeirantes, com prioridades às escolas rurais. Foi atendido o CEINF Recanto Feliz, a Escola Municipal Rural José de Anchieta, Escola Municipal Rural José Bonifácio, Escola Municipal Leontina Luciana da Silva,Escola Municipal Patotinha, Escola Estadual Ernesto Sólon Borges e a APAE local. A perspectiva é de atendimento de 1700 alunos em Bandeirantes.

Os trabalhos de Educação Ambiental foram executados em forma de oficinas didáticas com as seguintes temáticas:

1. Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos.

2. Visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados e materiais utilizados em crimes ambientais (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, etc.

3. Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos, etc.

4. Ciclo da Água, com palestras sobre o ciclo, uso sustentável, poluição e escassez dos recursos hídricos.

5. Casa da Energia - Trata-se de uma maquete de uma residência com todos os locais de consumo de energia (lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira, micro-ondas etc.). Com esta oficina é realizada a discussão e informação sobre os tipos de energia e a importância ambiental de se economizar este recurso.

6. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (Desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento), preservação, conservação e uso racional dos recursos hídricos.


7 - Trilhas ecológicas – as trilhas já existem dentro do Parque. Nelas as crianças do Projeto Florestinha farão passeio com alunos, discutindo a importância da vegetação, bem como discutindo os problemas relativos ao desmatamento desregrado, visto que toda a área do parque era constituída por processos erosivos (Somente na Capital – Duas sedes do Projeto Florestinha).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
PRF apreende 1,2 tonelada de maconha e 20 Kg de skunk na BR-267
SENADO
Aprovado congelamento de preços de medicamentos e de planos de saúde
COSTA RICA
Filho acusado de agredir pai de 91 anos é preso descumprindo medida judicial
ÁUDIO VAZADO
Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de 'escória'
CAPITAL
Condenado por estupro de vulnerável, homem é preso em encontro religioso
POLÍTICA
Senado aprova em definitivo projeto de doação de refeições não vendida
PORTO MURTINHO
Técnico de laboratório suspeito de aborto consegue habeas corpus
JUSTIÇA
Banco deve indenizar por inserir gravame a terceiros sem consentimento
MARACAJU
Mulheres denunciam tarado que se tocava em terminal rodoviário
COVID-19
'Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo', diz Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados