Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Projeto do IFMS Nova Andradina é premiado em concurso nacional

26 fevereiro 2013 - 12h13

O projeto “Extensão rural e a busca pela sustentabilidade”, desenvolvido pelo Câmpus Nova Andradina do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), foi um dos 65 premiados no “3º Concurso Aprender e Ensinar”. A cerimônia para entrega de troféus, certificados e tablets aos pesquisadores foi realizada na última sexta-feira, 22, em Brasília.

Ao todo, 4.698 projetos relacionados ao uso de tecnologias sociais foram inscritos no concurso. O IFMS foi uma das dez escolas técnicas públicas selecionadas entre as finalistas.

O coordenador do projeto no Câmpus Nova Andradina, professor Carlos Alberto Dettmer, esteve presente na cerimônia. Todos os finalistas participaram de seminários e debates. Seis trabalhos foram premiados com a participação no Fórum Social Mundial 2013, em março, na Tunísia.

O “Concurso Aprender e Ensinar” é uma iniciativa da Revista Fórum e da Fundação Banco do Brasil. O objetivo é incentivar a preservação ambiental, a geração de renda e a inclusão digital a partir do uso das tecnologias.

###O projeto
Desenvolvido no assentamento rural Santa Olga, em Nova Andradina, o projeto do IFMS conta com a participação de quatro estudantes do curso técnico em Agropecuária, e tem o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Integrado.

O objetivo do projeto é aperfeiçoar os recursos internos das propriedades rurais. “A agricultura familiar, em oposição ao agronegócio, se caracteriza pelo menor uso de agrotóxicos e insumos, visando à produção de alimentos mais saudáveis e baratos. E é nisso que nos baseamos”, explica o coordenador do projeto.

Na primeira fase do projeto, que está em andamento, o grupo de estudo fez a compostagem em uma propriedade do assentamento. O processo consiste em produzir adubo orgânico a partir da decomposição de resíduos como estrume e folhas de plantas.

Entre outros benefícios, a compostagem proporciona redução no uso de fertilizantes químicos e da erosão. “Atividades como essa conscientizam os estudantes sobre a importância da agricultura sustentável, baseada principalmente na conservação do meio ambiente e na criação de comunidades agrícolas prósperas”, destaca o professor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Guarda Municipal faz mais de 400 atendimentos no toque de recolher, mas somente duas prisões
BRASIL
Laboratório descarta morte por coronavírus em Brasília
MS
Pico das notificações que testaram positivo para o novo coronavírus foi em 19 de março
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
ARQUITETURA & DESIGN
8 séries na Netflix para os apaixonados por arquitetura
BRASIL
BC poderá pedir justificativa se bancos negarem crédito
NEGÓCIOS & CIA
Coronavírus: 8 dicas para usar o marketing digital a favor da sua empresa
PANDEMIA
Combate ao coronavírus poderá ter R$ 2 bilhões do Fundo Eleitoral
COVID-19
Consumo frequente de bebidas alcoólicas durante isolamento pode piorar sintomas da ansiedade e da depressão
SUSPENSÃO
STF autoriza Mato Grosso do Sul a usar parcelas da dívida com a União contra o Covid-19

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados