sábado, 13 de abril de 2024
Dourados
23ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Programa de Gugu poderá passar por censura do SBT

24 setembro 2003 - 10h09

Após as investigações da polícia e do Ministério Público comprovarem que a entrevista com integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), exibida dia 7, no "Domingo Legal", foi uma farsa, o apresentador Augusto Liberato, o Gugu, contratou a consultora Olga Curado, ex-Globo, para mudar o seu perfil junto ao público. O "Diário de São Paulo" apurou que Gugu considera que sua imagem já está muito desgastada e quer mudá-la.A diretoria do SBT também tem a mesma preocupação e estuda a possibilidade de o programa deixar de ser transmitido ao vivo. A gravação prévia permitiria o veto dos diretores da emissora a eventuais reportagens polêmicas, e também busca acalmar o mercado publicitário. A hipótese ganhou força após o Ministério Público Federal entrar com uma ação civil pública contra o "Domingo Legal", suspendendo o programa no último domingo.Ontem, o advogado de Gugu, Adriano Salles Vanni, entregou um hábeas-corpus preventivo à Polícia Civil pedindo que o apresentador não seja indiciado pelo artigo 16 da Lei de Imprensa, que prevê punição para quem publicar ou divulgar notícias falsas ou fatos verdadeiros truncados ou deturpados. O pedido visa a evitar "constrangimentos desnecessários" antes de Gugu ser ouvido pela polícia. O depoimento está marcado para quinta-feira, na sede do Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic).Caso a petição não seja aceita pelo delegado Alberto Pereira Matheus Júnior e Gugu seja indiciado, o advogado deve entrar com um pedido de hábeas-corpus preventivo à Justiça.Os atores Wagner Faustino da Silva e Antônio Rodrigues da Silva, que se passaram por "Alfa" e "Beta", estão indiciados por apologia ao crime junto com Hamilton Tadeu dos Santos, o Barney, que contratou os atores. A polícia apurou que a produção elaborou um roteiro para os atores e mostrava cartazes com os nomes das pessoas a serem ameaçadas.Ontem, Gugu e pessoas ligadas à produção do programa não compareceram à audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa. O apresentador enviou uma carta aos integrantes da comissão, na qual pediu para que a audiência fosse adiada.O pai de Gugu, também chamado Augusto Liberato, foi submetido na segunda-feira a uma cirurgia no Hospital São Luiz, em São Paulo. Foi feita uma drenagem de secreção linfática e ligadura de vasos linfáticos. Seu estado de saúde é considerado bom.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE 

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

ECONOMIA

Anfavea quer volta do Salão do Automóvel

DIZ ESPECIALISTA

Brasil precisa criar política de cuidados para reduzir sobrecarga das mulheres

JUSTIÇA

CNJ suspende norma que proíbe uso de cropped no STJ

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil
UNIGRAN

Semana Acadêmica discute sobre as responsabilidades do engenheiro civil

POLÍCIA

Dono do Botafogo entrega documentos sobre manipulação de resultados

EMISSORA PÚBLICA

TV Brasil vai transmitir Brasileirão Feminino a partir de 20 de abril

ESPORTES

Escola de Brasília denuncia racismo e preconceito durante jogo

ECONOMIA

Governo de MS assina parceria para impulsionar a citricultura

UNIVERSIDADE ESTADUAL

Curso de "Primeiros socorros no ambiente escolar" tem inscrições abertas

Mais Lidas

JARDIM EUROPA

'Leandrinho do PCC' morre em confronto com policiais do SIG em Dourados

TRAGÉDIA

Identificadas vítimas de acidente que matou seis na BR-163 em MS

DOURADOS

Morre empresário e desportista Valdir Machado

TRÁFICO DE DROGAS

Motorista é preso em Dourados transportando mais de 400 kg de maconha em carreta de bebidas