Menu
Busca quinta, 05 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Programa de Combate à Violência de MS concorre a prêmio

04 dezembro 2004 - 13h45

O Programa Estadual de Prevenção e Combate à Violência Contra a Mulher está entre os 20 finalistas do Prêmio Gestão Pública e Cidadania, cujos cinco destaques vão receber R$ 20 mil cada. As outras 15 iniciativas serão premiadas com R$ 6 mil cada, além de certificado de participação.Com 1.195 inscrições válidas de projetos e práticas em todo o País, o prêmio, uma iniciativa conjunta da Fundação Getúlio Vargas e da Fundação Ford, com o apoio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), tem como principal objetivo divulgar iniciativas inovadoras de governos estaduais, municipais e organizações indígenas que tenham ações visando à criação de políticas públicas de desenvolvimento da cidadania no País. A apresentação dos 20 finalistas ocorrerá quarta-feira 8 na sede do BNDES no Rio de Janeiro (RJ).A escolha do Programa Estadual de Prevenção e Combate à Violência Contra a Mulher entre os 20 finalistas ocorreu após a visita de técnico do concurso ocorrida em agosto. O especialista conheceu como é desenvolvido o programa em Mato Grosso do Sul.O Governo Popular criou a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher em 1999 e se tornou referência no Brasil pela qualidade dos serviços e principalmente pela capacidade de integrar diferentes órgãos governamentais e não-governamentais na elaboração de programas como o combate à violência doméstica e sexual e geração de renda. O Programa Estadual de Prevenção e Combate à Violência Contra a Mulher engloba 14 delegacias da mulher, casa-abrigo para mulheres em situação de risco, centros de atendimento (médico, social, psicológico, jurídico e encaminhamento ao serviço de proteção) entre outros órgãos que trabalham em rede para promover atendimento humanizado à mulher vítima de violência. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NÚMEROS DA PANDEMIA
Média móvel de mortes por Covid fica abaixo de 900 após mais de 200 dias
REGIÃO
Por ajuda com comida, avós deixavam menina de 13 anos ser estuprada
BRASIL
Bolsonaro escolhe Bruno Bianco para o lugar de Mendonça na AGU
SONORA
Homem suspeito de matar a esposa e enterrar corpo tem preventiva decretada
Exportações de MS sobem 16,5% com destaque para soja, celulose e açúcar
COMÉRCIO EXTERIOR
Exportações de MS sobem 16,5% com destaque para soja, celulose e açúcar
VIOLÊNCIA
Motociclista morre ao ser atingido por caminhão em avenida da Capital
FUTEBOL
Barcelona anuncia que não renovará contrato de Lionel Messi
VOTAÇÃO
Maioria dos deputados de MS vota contra privatização dos Correios
CAPITAL
Menino de três anos morre afogado na piscina da residência
SAÚDE
Subcomissão debate saúde digital e "internet das coisas"

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Flagrado com pistola, jovem é preso no Parque do Lago II
AMEAÇA
Mulher não aceita relacionamento do ex e ameaça a atual companheira dele de morte
DOURADOS
Casal é preso após transformar casa de homem que morreu por overdose em 'boca de fumo'