Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Professores da Reme defendem trabalhos em curso na capital

28 novembro 2012 - 20h00

Professores da Rede Municipal de Ensino de Dourados participam neste sábado, em Campo Grande, do encerramento do curso de Especialização em Mídias na Educação, oferecido pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em parceria com o Proinfo Integrado/MEC e apoio da Undime (União de Dirigentes Municipais de Educação).



Essa especialização começou no primeiro semestre de 2011 quando houve a divulgação dos cursos diretamente pelo NTEM (Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal), que coordenou o processo de inscrição dos professores locais. A carga horária do curso foi de 360 horas, cumpridas com encontros presenciais e atividades a distância.



Fizeram parte do conteúdo participação em fóruns de debates sobre o uso das tecnologias na educação, trabalhos em grupo, produção de resumos, resenhas e textos diversos e desenvolvimento de projetos educacionais nas Salas de Tecnologias Educacionais (STEs) das escolas de Dourados. Para a finalização, cada participante teve de escrever um artigo sobre um dos projetos.



No encontro de conclusão do curso, neste fim de semana, serão 30 professores do município de Dourados e outros 60 de todo o Mato Grosso do Sul, expondo e defendendo seus trabalhos Eles irão destacar o uso das tecnologias na educação como melhoria do processo ensino-aprendizagem e, passarão pela avaliação de uma banca examinadora.



EQUIPAMENTOS

Além de investimento em Formação Continuada através dos cursos ofertados pelo NTEM, as escolas municipais de Dourados estão sendo beneficiadas com equipamentos tecnológicos por meio do Proinfo (Programa Nacional de Tecnologia Educacional). Em 2011, 20 escolas da Reme foram contempladas com aparelhos multimídia e neste mês de novembro mais 15 escolas foram selecionadas.



São escolas rurais e indígenas, que receberão um computador interativo, com as mesmas características do projetor multimídia, além de Lousa Digital, um sistema que permite transformar a superfície de projeção em um quadro interativo. Os materiais são provenientes do Pronacampo (Programa Nacional de Educação do Campo), criado para atender escolas rurais.



As escolas beneficiadas são José Eduardo Canuto Estolano, Padre Anchieta, Ruy Gomes, Padre André Capelli, Coronel Firmino Vieira de Matos, Dr. Camilo Hermelindo, Fazenda Miya ( Pólo Francisco Meireles), Geraldino Neves Correia e as escolas indígenas Agustinho, Araporã, Lacui Roque Isnardi, Pai Chiquito, Ramão Martins e Tengatui Marangatu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil podem sustar cheques por aplicativo
IGUATEMI
Presos tem fuga frustrada após cortarem grade com lâmina de barbear
ECONOMIA
Saldo da balança comercial de MS no 1º trimestre é de US$ 493 milhões
CONTRABANDO
Carro abarrotado com 1,5 mil pacotes de cigarros é apreendido
JUSTIÇA
Família de vítima de disparo de arma de fogo será indenizada
POLÍTICA
Mandetta continua no governo com apoio de militares e da cúpula do Congresso
ANASTÁCIO
Jovem morre após bate motocicleta em trator na rodovia MS-170
CORONAVÍRUS
Agepen recebe doação de álcool 70 para trabalho dos servidores nos presídios de MS
INDÚSTRIA
BRF diz que unidade de aves de Dourados está autorizada a exportar para a China
CAPITAL
Homem mata vizinho a facadas após discutir sobre limpeza de vila de casas

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior