Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99257-3397

Professoras de Caarapó participam de intercâmbio na Itália

28 abril 2004 - 09h22

A secretária municipal de Educação Cultura e Esportes, Ieda Maria Marran Teixeira, e a chefe do Departamento de Educação e Assistência ao Educando, Maria Nilma Xavier da Silva, representam o Município de Caarapó, que foi escolhido para participar de um processo de intercâmbio de trabalho na área de educação com outros três países emergentes e a Itália. Elas viajam na tarde de hoje à Itália, onde participam do processo, que terá início nestes próximos dias, com a duração de um ano e envolverá professores e coordenadores de organizações do Brasil, Peru, Tchad e Senegal e Itália. Caarapó foi indicado a participar pelo fato de sua administração municipal ser reconhecida a nível nacional pelo empenho na melhoria da qualidade do ensino. No ano 2000, o prefeito Guaracy Boschilia recebeu o Prêmio “Prefeito Amigo da Criança”, da Fundação Abrinq e Unicef  como uma das cinco melhores administrações municipais do Brasil pela implementação de políticas públicas de atendimento à criança e ao adolescente. Os programas de desenvolvimento social, o esforço educativo junto aos índios guarani-kaiowás e a recuperação do ensino às populações carentes chamaram a atenção de organizações italianas promotoras deste intercâmbio.O Projeto Educar Além Fronteiras é cofinanciado pela CEE (Comunidade Econômica Européia), Ministério do Exterior Italiano e Fundação Cariplo. É um projeto em que estão inseridas outras organizações na Itália e em outros três países fora da Europa: Tchad, Senegal e Peru. Nos dias 30 de abril, 1° e 2 de maio, acontecerá o 1º Seminário Internacional, em Milão, na Itália, com representantes dos diversos países. Participarão, pelo Brasil, as professoras Ieda Maria Marran Teixeira e Maria Nilma Xavier da Silva, respectivamente Secretária Municipal de Educação, Cultura e Esportes de Caarapó, e a Chefe do Departamento de Educação e Assistência ao Educando. Elas permanecerão na Itália ainda por mais uma semana, visitando escolas, proferindo palestras, e expondo o trabalho desenvolvido na área de educação em Caarapó.No mês de junho, será a vez de um grupo de professores italianos visitar o Brasil, conhecendo de perto a experiência pedagógica inovadora de Caarapó. Sua viagem terá a duração aproximada de dez dias, período no qual visitarão escolas, conhecerão na prática os projetos sociais, o excelente trabalho de educação escolar indígena, recentemente premiado pela Fundação Itaú Social e Unicef. (3º lugar entre 1.800 projetos de todo o país). Aproveitarão a oportunidade para apresentar um pouco da realidade italiana e seu sistema educacional a professores, alunos, técnicos e comunidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
POLÍTICA
Secretário da prefeitura de Dourados vai à Brasília destravar projetos e obras
TRÊS LAGOAS
Vizinhos ouvem tiro, denunciam e mulher é encontrada ferida em residência
FUTEBOL
STJD indefere pedido do Vasco para anulação de jogo com o Inter
PMA realiza campanha educativa sobre atropelamentos de animais silvestres 
CORUMBÁ
PMA realiza campanha educativa sobre atropelamentos de animais silvestres 
JUSTIÇA
Weintraub é condenado por dizer que universidades cultivam maconha
PARAGUAI
Polícia acha explosivos e descobre 'tentativa de fuga em massa' de presídio
EDUCAÇÃO
Lista de espera do Prouni está disponível para consulta
TRÁFICO
Traficantes de cocaína construíam carretas para levar drogas para São Paulo
ÁPICE DA TRAGÉDIA
'Chega de mimimi. Vão ficar chorando até quando?', diz Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos