Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Produtores de todo país temem perda de soja com a chuva

03 março 2011 - 17h24

As chuvas que não dão trégua em várias regiões de Dourados preocupam os produtores de soja. Grande parte ainda está com a soja na lavoura esperando diminuir a umidade do solo, para colher. Por isto, algumas áreas já estão comprometidas. Caso não pare de chover, podem ocorrer prejuízos. “As perdas serão inevitáveis em algumas áreas plantadas mais cedo”, disse o presidente da Associação dos Engenherios Agronômos da Grande Dourados (Aegran), Bruno Tomazini.

Uma outra preocupação, que vem paralelamente a uma eventual perda, é não conseguir fazer o plantio do milho segunda safra, até dia 10 de março, prazo previsto pelo zoneamento. Caso os produtores não plantem dentro deste prazo, perdem o direito ao seguro rural (Proagro).

O prazo do zoneamento venceria no dia 28 de fevereiro, mas foi prorrogado pelo Ministério da Agricultura, atendendo pedido do setor produtivo de Mato Grosso do Sul. A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) havia solicitado a mesma condição concedida pelo governo ao Paraná: prorrogação para todo o Estado até 20 de março.

A ampliação do plantio do milho safrinha em Mato Grosso do Sul ocorreu em caráter excepcional, após os técnicos terem constatado excesso de chuvas nas principais regiões produtoras, o que atrasou a colheita da soja e está impedindo o plantio do milho da segunda safra, que é feito na mesma área. A medida tranquiliza o agricultor porque mesmo plantando mais tarde ele terá acesso ao crédito rural e ao seguro rural, no entanto, mesmo assim, muitos produtores continuam preocupados por causa do excesso de chuva, segundo Tomazini.

O zoneamento serve para orientar os agricultores, bancos e seguradoras sobre a melhor época de plantio e a tecnologia a ser adotada na condução das lavouras. O objetivo é evitar que eventuais adversidades climáticas atinjam as plantações nas fases mais sensíveis. O milho da segunda safra é aquele plantado após a colheita da soja e colhido no inverno, que enfrenta riscos climáticos de estiagem e geadas ao longo de seu ciclo de desenvolvimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO NEGRO
Após prisão, jovem que furtou garrafas em comércio é libertado
Nelsinho Trad alerta para falta de insumos em cirurgias do coração
SAÚDE
Nelsinho Trad alerta para falta de insumos em cirurgias do coração
Acontece nesta sexta-feira o "Dia D" de arrecadação de agasalhos
DOURADOS
Acontece nesta sexta-feira o "Dia D" de arrecadação de agasalhos
PANTANAL
Corpo de Bombeiros faz alerta sobre queimadas no período de estiagem
Delegado que bateu em caminhão na BR-060 morre em hospital
CAPITAL
Delegado que bateu em caminhão na BR-060 morre em hospital
TEMPO
Sexta-feira com nevoeiro ao amanhecer e aumento de nuvens em Dourados
STJ
Advogado acusado de matar ex-lider do PSL sofre nova derrota na Justiça
IBGE
Governo recorre da decisão do Supremo sobre realização do Censo 2021
Motorista perde o freio e caminhão carregado com frangos colide em carreta
BRASIL
Mulher vítima de violência terá prioridade em programa habitacional

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo