segunda, 08 de agosto de 2022
Dourados
22°max
17°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Produtores de Jateí conhecem Projeto Mandala

11 agosto 2004 - 15h49

Produtores e representantes da prefeitura de Jateí conheceram ontem, dia 10 de agosto, o Projeto Mandala implantando na Fundação de Capacitação Rural Oacir Vidal de Rio Brilhante com ajuda do Sebrae/MS. O projeto é um sistema de irrigação de permacultura (produção permanente), que está revolucionando a agricultura familiar porque demanda pequena área para sua implantação com baixo custo de investimento. Com ele, aliando a produção de alimentos para subsistência (sem o uso de agrotóxicos), os produtores têm a possibilidade de comercializar o excedente.A expectativa de quem esteve presente nesta visita técnica em Rio Brilhante, revela o secretário de Meio Ambiente e Agricultura de Jateí, Gerson Pereira Dias, é usar o conhecimento da Mandala e o apoio do Sebrae/MS e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) do Governo Federal para melhorar a qualidade da produção nas pequenas propriedades da região. “O Pronaf tem recursos nessa linha e a prefeitura pode fazer intermediação”, antecipou.Gerson revela ainda que pretende implantar o Projeto Mandala no sítio-escola do município. Na área de 30 hectares, a prefeitura de Jateí mantêm horticultura, piscicultura e fábrica de ração. A produção é destinada aos órgãos municipais como Secretaria de Educação. Segundo o secretário de Meio Ambiente e Agricultura de Jateí, se a proposta do Projeto for aplicável as condições da cidade, a prefeitura pode ir mais longe e criar com a iniciativa um programa de incentivo aos jovens do município que moram na área rural. “O Fundo de Investimento Social do Estado seria a fonte de recursos”, explica Gerson Dias, animado.O agente do Projeto Desenvolvimento Local, Integrado e Sustentável (DLIS) do Sebrae/MS em Jateí, Adauto Francisco Moura, lembra que o grupo de produtores que visitou o projeto em Rio Brilhante não usa a irrigação em suas lavouras. “Já temos um primeiro contato com o Sebrae/MS e esperamos ter nele um futuro parceiro”, antecipa.O técnico agropecuário, Jandir Pandolfo, responsável pela supervisão do projeto em Rio Brilhante, conta que pelo menos 30 municípios já visitaram o projeto desde que ele foi criado em abril de 2003. A Mandala tem fornecido alimentação barata e mais saudável aos alunos da fundação, da rede municipal de educação e creches da cidade.  Ele ressalta que o entusiasmo de pequenos agricultores pelo sistema é sempre visível, porém alguns têm dificuldade em conseguir o financiamento. A Mandala oferece, através de um sistema de irrigação simples e barato, a oportunidade ao pequeno produtor rural de plantar e criar animais de maneira mais natural e auto-sustentável. Em razão de sua dimensão, o Projeto Sistema Holístico Ambiental Mandalas

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Varíola dos macacos: entidades criticam estigma a homossexuais

Homem é espancado em construção abandonada na Capital
POLÍCIA

Homem é espancado em construção abandonada na Capital

GERAL

Justiça nega 'habeas corpus' pedido pela defesa do cônsul alemão

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel
REGIÃO

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel

CULTURA

Academia Brasileira de Letras reabre bibliotecas para o público

CAPITAL

Mulher capota veículo e é socorrida pelo Corpo de Bombeiros

DIREITOS HUMANOS

Lei Maria da Penha completa 16 anos neste domingo

POLÍCIA

Foragido da justiça é preso em abordagem na fronteira

POLÍTICA

Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%

POLÍCIA

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado