Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Produção agrícola de MS atingiu recorde de R$ 19,2 bi em 2019

01 outubro 2020 - 14h53Por Gizele Almeida com IBGE

O Estado de Mato Grosso do Sul obteve mais uma vez recorde de produção agrícola e o valor total das principais culturas alcançou R$ 19,2 bi, em 2019. Os dados são da PAM (Produção Agrícola Municipal) divulgada nesta quinta-feira (01), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Dourados figura como uma das principais cidades no cultivo da soja.
O IBGE aponta que no comparativo com o montante levantado no segmento pelo Estado, no ano de 2018, o aumento foi de 0,79%.

Entre as culturas que mais contribuíram para esse crescimento, está o milho, com novo recorde na série histórica, totalizando uma produção de 9,9 milhões de toneladas e crescimento de 34% frente à safra anterior.

Com expansão de 6,2% na área colhida, a soja principal commodity agrícola do Estado, apresentou retração de 11,8% no volume gerado em 2019. O levantamento aponta que essa retração ocorreu em virtude de fatores climáticos adversos na fase final do ciclo produtivo da cultura, o que afetou o  rendimento médio do cultivo.

Na sequência, o milho é o segundo produto de maior destaque de produção em MS, com 9.963.206 toneladas produzidas. Posteriormente, o destaque é para a cana-de-açúcar, com 52.245.291 toneladas. O Estado é rico ainda na produção de mandioca, aveia, sorgo, trigo, feijão e arroz.

Veja os valores totais da produção das culturas na tabela abaixo:

A cidade de Maracaju permanece com o maior valor da produção agrícola no estado, com R$1,66 milhão, seguido por Sidrolândia (R$ 1,39 milhão), Ponta Porã (R$ 1,38 milhão), Rio Brilhante (R$ 1,14 milhão) e na sequência Dourados (R$ 1,11 milhão).

A área plantada ou destinada à colheita no estado foi de 5.784.337 de hectares, um aumento de 5,7% em relação ao ano anterior. Entre os principais produtos, obtiveram aumento de área plantada as culturas de soja (6,23%), de milho (4,00%), de cana-de-açúcar (6,92%), de aveia (3,21%), de mandioca (12,20%), de trigo (29,11%), de sorgo (74,31%) e de algodão herbáceo (24,45%). Por outro lado, apresentaram redução na área plantada o arroz (-25,41%) e o tomate (-33,8%).

A produção nacional também atingiu novos recordes em 2019. O valor da produção das principais culturas do País registrou R$ 361,0 bilhões, com um crescimento de 5,1% em relação ao ano anterior. Entre os maiores crescimentos, destaque para o milho, que ultrapassou, pela primeira vez, a marca de 100 milhões de toneladas, com crescimento de 22,8% frente à safra anterior, e o algodão herbáceo, com crescimento de 39,1% no ano, atingindo o recorde de 6,9 milhões de toneladas.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV DOURADOS NEWS
Rio Dourados tem 150 competidores no torneio "Pesca de Gigantes"
PONTA PORÃ
Soropositivo invade hospital e ameaça jogar sangue em funcionários
JUSTIÇA
Semana da Conciliação 2020 será de 30 de novembro a 4 de dezembro
MEIO AMBIENTE
MPF recorre a tribunal para afastar o ministro Ricardo Salles do cargo
IMPOSTO
Prazo para pagar licenciamento de veículo com placas final zero termina amanhã
PARAGUAI
Policiais que escoltavam brasileira resgatada de hospital são presas
TEMPO
Quinta-feira nublada com chuva a qualquer hora do dia em Dourados
SAÚDE & BEM - ESTAR
O diagnóstico precoce de Glaucoma pode evitar a perda irreversível da visão!
RESGATE
Fuga de brasileira na fronteira teve ajuda da polícia paraguaia
PREVIDÊNCIA
Antecipação do BPC e do auxílio-doença é prorrogada até 30 de novembro

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS