Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Procuradoria se reúne com usineiros para renovar pacto indígena

08 dezembro 2004 - 10h11

Procuradores da Procuradoria Regional do Trabalho da 24ª Região/MS se reúnem hoje às 15 horas, na sede do órgão, com os responsáveis por todas as usinas de açucar e álcool instaladas no Estado para discutir a questão trabalhista indígena e estabelecer um novo pacto social. Todos os anos cerca de 7 mil trabalhadores indígenas são contratados pelas dez usinas para trabalhar principalmente no corte da cana. Além dos Procuradores do Trabalho, os representantes da DRT/MS, INSS, Fetagri (Federação dos Trabalhadores na Agricultura) e do Governo do Estado também vão participar das discussões. "O pacto social estabelece as condições mínimas da contratação. Como o último acordo foi firmado há dois anos, algumas cláusulas precisam ser atualizadas, principalmente no que diz respeito ao prazo da contratação e formas de pagamento", afirmou o Procurador do Trabalho Cícero Rufino Pereira, membro da Comissão Permanente de Investigação e Fiscalização das Condições de Trabalho do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso