Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Procurador da República recorre ao STF contra transgênicos

04 outubro 2003 - 08h20

O procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, protocolou na tarde de ontem, no Supremo Tribunal Federal, uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra a Medida Provisória nº 131, que liberou o plantio de soja transgênica. Segundo a ação, a MP "contraria e desvirtua princípios da Constituição Federal" em vários aspectos, como: inobservância dos pressupostos de relevância e urgência para a edição de MP; obrigatoridade de estudo prévio de impacto ambiental para atividades potencialmente degradadoras; violação ao princípio da independência entre os poderes; e violação ao princípio democrático. De acordo com a Adin, de 36 páginas, o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva cita na MP a Lei de Política Nacional do Meio ambiente, que exige a realização de estudo prévio de impacto ambiental e dá ao Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) a atribuição de estabelecer critérios para o licenciamento de atividades potencialmente poluidoras. A ação diz que as leis que regem políticas nacionais, de caráter permanente, não podem ser objeto de medida provisória, já que essa é uma atribuição do Congresso. O procurador argumenta que o plantio ilegal de soja geneticamente modificada, cujas sementes vêm sendo sistematicamente contrabandeadas da Argentina, foi reconhecida pelo governo federal em março de 2003, quando editou a medida provisória que liberou a comercialização da safra passada. Com isso, o procurador diz que o governo não pode invocar o caráter de urgência para a editar a MP. A ação diz que não se pode aceitar que, "ao invés de uma legislação permanente, cuidando da política nacional de biossegurança, resolva-se editar a cada safra uma nova medida provisória, abrindo mão do poder regulatório e fiscalizador sobre importante setor da economia e descuidando da necessária e impostergável proteção do meio ambiente".O procurador sustenta que a MP contraria o princípio da independência e harmonia entre os poderes, desprezando decisão da Justiça que proibiu o cultivo de sementes geneticamente modificadas no país. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescente é apreendido por tráfico de drogas e posse de arma de fogo
REGIÃO
Adolescente é apreendido por tráfico de drogas e posse de arma de fogo
IMUNIZAÇÃO
Cerca de 2 milhões de vacinas da AstraZeneca chegam ao Brasil
INTERNACIONAL
China diz que dez homens presos em mina de ouro procuram colegas
Prefeito nomeia secretário de Agricultura Familiar
DOURADOS
Prefeito nomeia secretário de Agricultura Familiar
Criada Frente Parlamentar de Acompanhamento do Plano de Imunização da Covid-19
DOURADOS
Criada Frente Parlamentar de Acompanhamento do Plano de Imunização da Covid-19
OPORTUNIDADE
Últimos dias para inscrições em qualificação profissional do IFMS
SEGURANÇA PÚBLICA
Senasp vai à fronteira conhecer trabalho das forças de segurança do Estado
REGIÃO
Homem é preso por transporte ilegal de agrotóxicos
CLIMA
Dourados supera 210 mm e previsão é de mais chuva neste final de semana
DECISÃO
Mulher que recebeu equipamentos de segurança usados será ressarcida

Mais Lidas

DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado
DOURADOS
Alvo da PF, empresário foi preso com armas e fortuna ao sofrer atentado em 2019