Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Previsto para chegar hoje, Beira-Mar ainda está no Paraná

25 julho 2007 - 07h07

O horário para transferência do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, para a Penitenciária Federal de Campo Grande, continua indefinido. Ele deveria ser trazido ontem para a Capital, mas o mau-tempo impediu que o avião da PF (Polícia Federal) pousasse em Cascavel (PR), cidade vizinha a Catanduvas, onde ele está preso.

A reportagem do Campo Grande News apurou que ele ainda está na Penitenciária Federal de Catanduvas e que o jato da PF ainda não saiu de Foz do Iguaçu (PR), onde pousou ontem por conta das condições do tempo em Cascavel.

A transferência de Beira-Mar para Campo Grande foi determinada pelo colegiado de juízes federais do Paraná, com base na resolução do Conselho Nacional de Justiça Federal, que autoriza a permanência de um preso na mesma unidade federal por apenas um ano. O traficante foi o primeiro preso de Catanduvas. Ele foi transferido para lá em julho do ano passado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PF prende falsificador de cédulas foragido há 5 anos
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
COVID-19
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
PANDEMIA
Covid-19: Espanha libera entrada de voos do Brasil
STF
Ministro Alexandre de Moraes mantém prisão de denunciado por golpes milionários na internet
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG
COVID-19
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG
JUSTIÇA DO TRABALHO
Carreteiro não será indenizado por dano existencial por jornada exaustiva
FALTOU CHUVA
Julho de 2021 chega ao fim entre os mais secos da história de Dourados
Museu da Língua Portuguesa é reaberto com presença de autoridades
STF
Ministro determina retomada de inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PF
ENERGIA ELÉTRICA
Bandeira tarifária de agosto se manterá vermelha

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte