Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99659-5905
MEIO AMBIENTE

Prevenção e combate a incêndios florestais em MS envolverá setor público e privado

06 junho 2020 - 19h00Por Governo de MS

A ação integrada dos setores público e privado no combate a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul foi destacada pelo secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), no evento virtual de lançamento da 8ª edição da Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios 2020, realizada na sexta-feira (5.6), data em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. A ação é promovida pela Reflore/MS, Governo do Estado, Corpo de Bombeiros Militar e Ibama, Famasul e o Senar/MS.

Em 2019, Mato Grosso do Sul registrou mais de 11,6 mil focos de incêndio florestal, um aumento de 389% em relação ao mesmo período de 2018, resultado que colocou o Estado em 6º lugar do ranking nacional. “No ano passado, em decorrência da gravidade da situação das queimadas no Estado, nós reativamos o Comitê Interinstitucional de Combate a Incêndios Florestais, que conta com Semagro, Imasul, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Ibama, por meio do PrevFogo, e o apoio fundamental das estruturas de combate ao fogo mantidas pelas empresas da base florestal, do setor sucroenergético, bem como dos proprietários rurais”, comentou Jaime Verruck.

O secretário lembrou do “bom diálogo com o governo federal e com os estados vizinhos que auxiliam no combate aos incêndios florestais”. “Por conta de uma situação atípica no Pantanal, que nos meses de março e abril registrou queimadas na região, acionamos o Comitê de forma permanente e demos início a uma série de ações preventivas. O Ibama já antecipou a contratação de brigadistas, estamos concluindo o a licitação para adquirir horas de voo para o deslocamento de aeronaves vindas de outros estados, para o caso de necessitarmos de combate aéreo”, disse.

Também será lançada licitação para adquirir, com recursos do Imasul, uma aeronave para combate a incêndios florestais que deve ser destinada ao Corpo de Bombeiros. “O Cemtec tem municiado o Comitê com os dados meteorológicos, mas já temos um prognóstico, atípico, de que o volume de chuvas no Estado, de junho a agosto, deverá ficar abaixo das médias históricas. Por isso é fundamental reunir esforços e trabalharmos com prevenção e orientação”, acrescentou.

De acordo com o titular da Semagro, “a campanha tem cumprido seu papel”. “A cada ano tem uma proposta diferente, mas sempre com o mesmo objetivo de combater e prevenir o fogo. Não temos condições de realizar tudo isso sem essa rede de instituições envolvidas. Estamos em plena pandemia, um fator adicional que consome recurso financeiro e humano, e que exigirá ainda mais empenho de todos”.

Na avaliação do presidente da Famasul, Mauricio Saito “envolver setores público e privado, no propósito de conscientizar a sociedade sul-mato-grossense, é a meta desta iniciativa”. “Em 2019, capacitamos com a metodologia de Formação Profissional Rural do Senar/MS, aproximadamente mil pessoas. Difundir conhecimento, alcançar números positivos, preservar o meio ambiente, dar continuidade ao excelente trabalho desempenhado pelos produtores rurais, tudo isso faz parte da missão ambiental do agro”, explica Saito, ressaltando a parceria com o Ibama e o Corpo de Bombeiros.

Para o presidente da Reflore/MS, Moacir Reis, apesar do momento delicado, o assunto tem que estar em pauta. “Temos 1,2 milhão hectares de área plantada, somos o 2º no país. Este é um setor que tem se destacado cada vez mais dentro do agronegócio. São pessoas, fauna, flora e economia. É preciso que haja treinamento, envolver cada vez mais segmentos. Pessoalmente ou virtualmente, o mais importante é fazer isso acontecer nos quatro cantos do Estado”.

Também participaram da transmissão o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar , Joilson Alves do Amaral, e Alexandre Pereira, representante do Ibama.

O vídeo completo você confere aqui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Tiroteio no Estrela Porã deixa dois homens feridos
DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
FAMOSOS
Morris, par de Naya Rivera em 'Glee', quer conduzir grupo de buscas pela atriz
BRASIL
Leila Barros confirma que contraiu covid-19
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
BRASIL
Embrapa coleta bactérias e fungos com potencial econômico na Amazônia
OPORTUNIDADE
IFMS tem inscrições abertas para 120 vagas em cursos de especialização
ESPORTES
Semana será marcada pelo 1º Camping Virtual de Parataekwond
TRÊS LAGOAS
Mulher é sequestrado pelo ex na frente de familiares

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados