Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Presos da máxima da Campo Grande já seguiram para o Paraná

11 dezembro 2003 - 10h13

Três detentos considerados lideranças no protesto de greve de fome, realizado no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima) foram transferidos na noite de ontem para o presídio de Piraquara (PR). São eles José Severino, conhecido como “Cabecinho”, Sebastião Nunes Siqueira e Geraldo Nei Braga, segundo informações do próprio estabelecimento, que atribuí a transferência à determinação judicial dos juízes federal Odilon de Oliveira e de Execução Penal, Francisco Gerardo. Na avaliação da presidente da AFAE (Associação dos Familiares e Amigos dos Encarcerados), Maricyr Souza Fernandes, a transferência é retaliação ao movimento de greve de fome, contra as condições do estabelecimento.Ontem o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, negou que haja truculência no estabelecimento, que haja epidemia de tuberculose e de HIV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Ao limpar arma, jovem atira no próprio pé e, por não ter autorização para posse irá para delegacia
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
MS
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos
MS-164
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos
Lulalá
ARTIGO
Lulalá
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
REGIÃO
Homem morre após ser atropelado por moto em Vicentina
DOURADOS
Condenado por tráfico e demitido, guarda é classificado como excepcional
REGIÃO
Homem morre no Hospital da Vida duas semanas após acidente de moto
BENEFÍCIO
Governo regulamenta Mais Social e organiza pagamentos a partir de maio
DOURADOS
Prefeitura ainda aguarda decisão do TCE para retomada de serviços de limpeza da cidade

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista