Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Preso, fundador da Parmalat é acusado de desviar 500 milhões

28 dezembro 2003 - 12h02

O fundador da multinacional de alimentos Parmalat - Fuenvolvida em um escândalo financeiro -, Calisto Tanzi detido pela polícia ontem em Milão, desfalcou a empresa em centenas de milhões de euros, informa a imprensa italiana hoje.De acordo com o jornal de maior circulação da Itália, "Corriere della Sera", Tanzi, acusado de "associação para delinquir com fins de quebra fraudulenta", desfalcou a Parmalat em 500 milhões de euros."Segundo os magistrados, Tanzi teria retirado no decorrer dos anos uma quantia superior a 600 milhões de euros das contas de seu grupo. No total, a família Tanzi teria sacado pelo menos 1,7 bilhão de euros dessas contas", afirma o jornal "La Repubblica".O grupo Parmalat, cuja falência oficial foi declarada ontem, tem um rombo de pelo menos 7 bilhões de euros em suas contas, sobre um faturamento de 7,5 bilhões de euros em 2002.RomboPorém, a imprensa destaca que o verdadeiro valor do rombo ainda deve ser determinado. Analistas acreditam que deve ficar entre 7 bilhões e 13 bilhões de euros.As acusações contra o fundador da Parmalat podem render a Tanzi uma condenação de 15 anos de prisão, segundo o "La Repubblica".Calisto Tanzi, 65, era investigado desde 22 de dezembro, mas foi deixado em liberdade. Depois, segundo a imprensa, viajou para a Suíça, de onde retornou ontem para Milão, quando foi detido.Seu filho Stefano, que já ocupou vários cargos na Parmalat, também é investigado, mas permanece em liberdade.Os magistrados de Milão e Parma, onde fica a sede do grupo, interrogarão Tanzi pela primeira vez hoje.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialistas recomendam vacinas contra doenças mais comuns no inverno
BRASIL
Especialistas recomendam vacinas contra doenças mais comuns no inverno
CAMPO GRANDE
Idoso morre duas semanas após sofrer queda
Polícia Federal investiga morte de animais no Pantanal
CRIME AMBIENTAL
Polícia Federal investiga morte de animais no Pantanal
Polícia prende homem com arma de fogo e munições
MS
Polícia prende homem com arma de fogo e munições
Com leve alta, média da gasolina comum é de R$ 5,89 em Dourados
ECONOMIA
Com leve alta, média da gasolina comum é de R$ 5,89 em Dourados
BRASIL
Somente 13% das indústrias renegociaram planos de saúde na pandemia
PANDEMIA
Dourados não registra morte de moradores locais e tem apenas 22 casos positivos de coronavírus
MS
Polícia Militar recupera veículo em Ponta Porã
MS
Fundesporte lança projeto para fomentar formação de equipes de alto rendimento
MS
Homem é preso após furtar botijão de gás

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"