Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Presidente da Itália escreve à Dilma por extradição de Battisti

21 janeiro 2011 - 10h31

A presidente Dilma Rousseff receberá nos próximos dias uma carta do presidente da Itália, Giorgio Napolitano, em que o chefe de estado europeu solicita a extradição do terrorista italiano Cesare Battisti, condenado em seu país à prisão perpétua por quatro assassinatos.

A imprensa italiana antecipou nesta sexta-feira o conteúdo da carta. Napolitano classifica a decisão do Brasil de não extraditar o terrorista como “motivo de desilusão e amargura para a Itália”, segundo o jornal Corriere Della Sera. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou o pedido de extradição de Battisti e concedeu refúgio ao terrorista no último dia de sua gestão, em 31 de dezembro de 2010.

Lula seguiu parecer da Advocacia Geral da União (AGU) calcado, principalmente, no argumento de que Battisti poderia sofrer “perseguição e discriminação” se voltasse para seu país de origem. "Talvez não tenha sido plenamente compreendida a necessidade de justiça do meu país e dos familiares das vítimas dos brutais e injustificáveis ataques armados, assim como dos feridos e sobreviventes", escreveu Napolitano a Dilma, conforme publicou o jornal La Reppublica.

O presidente italiano segue o texto lembrando que "não são aceitáveis remoções, negociações ou leituras românticas dos derramamentos de sangue daqueles anos, e as responsabilidades não podem ser esquecidas". Os homicídios pelos quais Battisti foi condenado foram cometidos na década de 70, quando o terrorista integrava um grupo extremista de esquerda.

No início deste mês, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, decidiu manter Battisti na cadeia até que a corte decida sobre o futuro do terrorista – o que só vai ocorrer em fevereiro, quando os ministros retornam das férias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS