Menu
Busca quinta, 06 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Presidente da Federação de Futebol do RJ conhece o Douradão

24 fevereiro 2011 - 15h50

O presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes da Costa Filho, conheceu na manhã desta quinta-feira o Estádio Frédis Saldivar, o Douradão. Ele veio a Dourados acompanhado do presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), Francisco Cezário de Almeida.

Os visitantes foram recebidos pelo diretor-presidente da Funced (Fundação Cultural e Esportes de Dourados), Antônio Coca.

Rubens Lopes veio a Mato Grosso do Sul para assistir ao jogo entre Vasco da Gama e Comercial, pela Copa do Brasil, na noite de quarta-feira, em Campo Grande. Ele avaliou que o Douradão é um “excelente estádio” e que ainda vai ser palco de grandes partidas depois que forem concluídas todas as obras.
“Se tivesse um estádio do porte do Douradão no Rio, o Flamengo jogava todas as semanas”, afirmou ele.

Rubens Lopes diz que o grande problema no Rio é a deficiência de estádios de médio porte e que atualmente, com a reforma do Maracanã, o Flamengo utiliza os estádios de Volta Redonda e Macaé.


PENEIRADA

Antônio Coca aproveitou a visita do dirigente da Ferj para pedir apoio para a realização de peneiradas de grandes times de futebol na cidade. Ele lembrou que existem atravessadores, se dizendo representar grandes times, que vêm a Dourados para promover peneiradas e cobram taxas superiores a R$ 70,00.

“Esse tipo de peneirada não é garantia de que os garotos possam se tornar um profissional no futebol e ainda correm o risco de serem abandonados em alguma cidade, causando transtorno e preocupação para a família, como já aconteceu”, disse Coca.

Rubens Lopes taxou esse tipo de acontecimento como uma espécie de “tráfico de menores”, pois além de ser exploração a cobrança pela peneirada, os menores correm risco de serem abandonados em alguma cidade. “Talvez o sonho do filho se tornar um craque no futebol leve os pais a não prestar muita atenção sobre a seriedade das peneiradas, mas é um tipo de situação que
precisa ser evitada”, disse ele.

Francisco Cezário informou que em Mato Grosso do Sul a FFMS, com o apoio de outros parceiros, vai se organizar para que esse fato não ocorra mais no Estado.

Ele informou que no dia 4 de abril vai realizar uma assembleia com os membros da federação e levar a reivindicação do diretor-presidente da Funced para que todas as peneiradas tenham o acompanhamento de instituições de futebol sérias, com calendários previamente organizados e sem cobrança de taxas. “A federação é terminantemente contra a esse tipo de promoção, já que a peneirada é para beneficiar garotos carentes e a cobrança é ilegal”, disse Cezário.




Crédito: A. Frota


Deixe seu Comentário

Leia Também

SENADO
CPI da Covid ouve hoje ministro da Saúde e presidente da Anvisa
MS lança 6° campanha do agasalho Aqueça Uma Vida nesta quinta-feira
SOLIDARIEDADE
MS lança 6° campanha do agasalho Aqueça Uma Vida nesta quinta-feira
Advogado suspeito de matar lider do PSL volta para a prisão após internação
NOVA ANDRADINA
Advogado suspeito de matar lider do PSL volta para a prisão após internação
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
Homem é preso com caminhonete e pistola na MS-164 logo após assalto
POLÍTICA
Senado Federal aprova penas mais duras contra crimes cibernéticos
APARECIDA DO TABOADO
Homem é esfaqueado ao tentar impedir mulher de sair para comprar drogas
IMUNIZANTE
Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegam ao Brasil nesta quarta-feira
RIBAS DO RIO PARDO
Detetive particular já condenado é preso por dirigir embriagado após acidente
JUDICIÁRIO
Justiça Federal absolve ex-presidente Temer de envolvimento em 'quadrilhão'

Mais Lidas

PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher em Dourados na semana do Dia das Mães
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
REGIÃO
Mãe e filha são executadas em locais diferentes na fronteira
PONTA PORÃ
Vítima de execução na fronteira registrou boletim de ocorrência contra o namorado