Menu
Busca quarta, 03 de março de 2021
(67) 99257-3397

Prefeitura só admite negociar após as eleições

29 março 2004 - 17h36

Os secretários de Governo, Fazenda e da Administração, Wilson Biasotto, Alaércio Abrahão e José Marques Luiz, anunciaram há pouco que a Prefeitura de Dourados mantém a proposta de 5% de aumento, incorporação do abono de 5% que advinha do acordo coletivo passado e manutenção do auxílio alimentação para servidores que têm salário até R$ 600. Biasotto explicou que “não podemos tomar decisões irresponsáveis. Conceder um aumento acima do proposto quando não temos lastro financeiro seria estar enganando o trabalhador. E isso nós nunca fizemos nem iremos fazer”. O secretário de Fazenda enfatizou que “sempre que pudermos iremos beneficiar o trabalhador, porém há que se lembrar que fazemos esforços sobre-humanos para manter o pagamento do funcionalismo rigorosamente em dia. Caso concedamos um aumento maior que o oferecido estaremos correndo sérios riscos de não cumprir o acordado. Não vamos tomar atitudes que não possam ser cumpridas”. Biasotto garantiu ainda que o auxílio alimentação fica mantido até o dia 31 de dezembro e novas modificações poderão ser discutidas apenas depois das eleições, "quando poderemos sentar e tentar algumas negociações, inclusive quanto ao PCCR”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vídeo mostra momento da colisão entre veículos na tarde de hoje, em Dourados
DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos na tarde de hoje, em Dourados
Nova alta do petróleo reforça mudança na Petrobras, diz Bolsonaro
BRASIL
Nova alta do petróleo reforça mudança na Petrobras, diz Bolsonaro
Águia encara Vitória pela Copa do Brasil na próxima terça
FUTEBOL
Águia encara Vitória pela Copa do Brasil na próxima terça
ASSEMBLEIA
Projeto quer criar 'Selo amigo do animal abandonado' em MS
MS tem quase 700 novas notificações de dengue em uma semana
AEDES AEGYPTI
MS tem quase 700 novas notificações de dengue em uma semana
TV EDUCATIVA
Jornalista toma posse como diretor-presidente da Fertel
BRASIL
Com queda do PIB, economia chega ao patamar do início de 2019
DOURADOS
Após dois meses, escolhido para comandar Funed é nomeado
CORONAVÍRUS
Saúde de Dourados ainda não sabe quantas doses chegarão em novo lote de vacina
DOURADOS
Município divulga 'metas' de contingenciamento para economizar R$ 61 milhões

Mais Lidas

PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos
TRÂNSITO
Colisão entre motos deixa entregador de gás ferido em Dourados