terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Prefeitura homologa R$ 4,7 milhões em contratos para o 'Examina MS'

19 novembro 2021 - 11h43Por André Bento

A Prefeitura de Dourados homologou nos dias 10 e 11 de novembro R$ 4.729.832,10 em contratos com clínicas e estabelecimentos de saúde credenciados no Projeto “Examina MS”. 

Trata-se de um programa lançado pelo Governo de Mato Grosso do Sul para realização de exames represados em decorrência das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. 

De acordo com as descrições feitas no portal da transparência do município, foram homologados R$ 2.400.453,90 com a Unidade de Diagnósticos por Imagem de Dourados, R$ 120.000,00 para a Lima & Ferruzzi Ltda – ME, e R$ 2.209.378,20 em favor da Cerdil Centro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem.

Os três vínculos são descritos como “contratação da empresa visando a realização de serviços de saúde ambulatoriais especializados na área de apoio à diagnose e terapia, em caráter de complementaridade à rede pública de saúde do município de Dourados, os quais serão prestados à demanda própria e referenciada de usuários da macrorregião”.

No dia 28 de setembro, o secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende Pereira, homologou o montante de R$ 6.823.177,30 em propostas para realização de 25.641 exames em Dourados entre setembro e dezembro deste ano através do Projeto “Examina MS”. 

Naquela oportunidade, a Resolução nº 61/SES detalhou que essa estratégia para retomada e ampliação do acesso aos procedimentos com finalidade diagnóstica no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde) teria aporte de R$ 10.452.075,08 para 44.678 exames. 

As propostas homologadas pelo governo estadual foram encaminhadas pelos gestores municipais de adesão à Resolução nº 56 para execução nas competências setembro de 2021 a dezembro de 2021 e deverão ser objeto de Termo Aditivo e/ou Contratos de cada unidade executante. 

Com isso, o início da prestação de serviço somente poderá ocorrer após a assinaturas do Termo Aditivo ou Contrato com a unidade executante

No caso de Durados, a Missão Caiuá foi credenciada para realizar 306 exames de setembro a dezembro, por R$ 18.440,40. Para a Cerdil constam duas propostas, uma de 4.170 exames por R$ 946.967,40 e outra de 5.580 exames por R$ 2.209.378,20.

Quanto à Clínica de Medicina e Distúrbios do Sono, são 1.620 exames por R$ 520.000,00 e o Hospital Evangélico deve realizar 1.860 exames por R$ 560.031,60. Já o Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados propôs 390 exames por 167.906,40 e a Unidade de Diagnóstico por Imagem de Dourados 11.715 exames por R$ 2.400.453,90. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista embriagado é preso após capotar veículo na BR-376
ANGÉLICA

Motorista embriagado é preso após capotar veículo na BR-376

ELEIÇÕES 2022

Lula e Bolsonaro devem ter quase metade do horário eleitoral

Pais precisam arrecadar R$ 100 mil para custear tratamento de bebê

JUDICIÁRIO

Mutirão resulta em 2.400 sentenças sobre Violência Doméstica

Manifestantes liberam circulação de veículos na fronteira com a Bolívia
CORUMBÁ

Manifestantes liberam circulação de veículos na fronteira com a Bolívia

DOURADOS 

Alunos da UFGD recebem prêmio de R$ 100 mil por modelo de negócio

Pista molhada e vento forte provocam acidente com ambulância

UEMS

Doutorado em Recursos Naturais prorroga inscrições de processo seletivo

Morador em MS é preso durante operação contra lavagem de dinheiro

JUSTIÇA

CNJ lança formulário sobre violência contra comunidade LGBTQIA+

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20