Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Preços dos alimentos mais que dobram no 1º bimestre

05 março 2010 - 15h10

Os preços dos alimentos subiram 2,10% nos dois primeiros meses deste ano, mais que o dobro do que em igual período de 2009, quando a alta foi de 1,02%, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística).

Só em fevereiro, os alimentos que mais subiram foram o tomate (17,26%), a polpa de açaí (14,20%), as hortaliças (11,89%), o açúcar refinado (10,90%), o açúcar cristal (10,48%), o alho (9,22%), o feijão fradinho (7,07%) e a farinha de mandioca (5,98%).

No caso do açúcar, os preços foram afetados também pelo aumento das exportações brasileiras do produto, que ficou valorizado no mercado internacional, em razão, principalmente, da quebra da safra de cana-de-açúcar na Índia – país que é referência na produção da matéria-prima.

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), do IBGE, indicador oficial do governo, usado como referência para a meta de inflação – fixada em 4,5% para todo o ano de 2010 –, acumulou em janeiro e fevereiro inflação de 1,54%, maior alta para o período desde 2003 – quando chegou a 3,86%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 38 milhões
CAPITAL
Golpista clona WhatsApp de vereador e pede dinheiro a pelo menos 30 pessoas
AJUDA DE 600 REAIS
Mais 2,5 milhões de pessoas recebem hoje o Auxílio Emergencial
MORENINHAS
Idoso morre carbonizado durante incêndio em residência
IMPOSTO
Licenciamento de veículos com placas final 1 e 2 vence nesta sexta
INVESTIGAÇÃO
Governo pede ao STF que suspenda depoimento de Weintraub
SIDROLÂNDIA
Motociclista morre em acidente com caminhão boiadeiro na BR-060
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher