Menu
Busca quarta, 03 de março de 2021
(67) 99257-3397

Postos de combustíveis podem suspender o atendimento na Capital

15 abril 2004 - 16h24

Proprietários de postos de combustíveis de Campo Grande ameaçam suspender o atendimento durante 24 horas se a polícia não conter a onda de assalto que tem ocorrido nas últimas semanas. Nos últimos dois dias, por exemplo, 10 postos foram assaltados e nenhum bandido preso. O vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniências de Mato Grosso do Sul, empresário Antônio Carlos Paludo, que teve um de seus postos assaltado por duas vezes nesses últimos dias, disse que os empresários não vêem outra saída senão tomar essa providência.Ele lembrou que na segunda-feira o secretário de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira, juntamente com toda cúpula do Comando Geral de Polícia Militar, recebeu o presidente do SINPETRO/MS, Steiner Jardim, e prometeu colocar não só a PM, mas também a Polícia Civil em ação para capturar os bandidos. Dagoberto teria acatado também a reivindicação do sindicato, de fazer com que a polícia, durante as rondas pelos bairros e área central da cidade, passasse de duas em duas horas aos postos situados em áreas mais críticas. O que ainda não aconteceu."O trabalho da polícia não apresentou resultados e não podemos conviver com esse clima de insegurança", comentou Palulo lembrando que o prejuízo para os postos não é tanto financeiro, já que a média roubada é de R$ 200,00. "O problema é a violência com nossos empregados e com clientes", comenta Paludo. Ele espera uma resposta da Segurança Pública a essa onda de assaltos, já que é de sua responsabilidade a garantia da tranqüilidade do mercado e da comunidade em geral. Portanto, se for necessário, os postos vão sim seguir à risca a legislação da Agência Nacional de Petróleo - ANP que estabelece o horário de abertura das 6h:00 às 20h:00. Alguns empresários já estão agilizando para adotar esse novo sistema de atendimento devido à falta de segurança. Vale lembrar que até há alguns anos quase todos os 152 postos de combustíveis de Campo Grande funcionavam durante 24 horas por dia. A insegurança mudou o quadro e hoje apenas 20% dos postos ainda permanecem abertos durante todo o dia.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Policiais devem gravar autorização de morador para entrada na residência, decide STJ
SOCIAL
Crianças e adolescentes vítimas de violência terão atendimento gratuito em Dourados
Operação flagra 45 motoristas bêbados em cidades de MS
CIDADE SEGURA
Operação flagra 45 motoristas bêbados em cidades de MS
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
PANDEMIA
Anvisa diz que vacinas usadas no Brasil são seguras
Homem é encontrado morto com tiro na nuca em estrada vicinal
CAMPO GRANDE
Homem é encontrado morto com tiro na nuca em estrada vicinal
DOURADOS
MPE reafirma pleito para assassino de ex-secretário pagar reparação a herdeiros da vítima
SENADO
Infraero pode administrar aeroportos de Dourados e Bonito
ASSEMBLEIA DE MS
Ordem do Dia: Mudanças na estruturas da Agepan são aprovadas em 1ª votação
PANDEMIA 
Com 4,23% da população vacinada, Saúde pede agilidade dos municípios na imunização
INTERIOR
Acusada de matar marido de suposta amante vai a júri popular em MS

Mais Lidas

PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos
TRÂNSITO
Colisão entre motos deixa entregador de gás ferido em Dourados