sábado, 13 de agosto de 2022
Dourados
30°max
13°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Ponta Porã realiza hoje Seminário sobre desenvolvimento

12 setembro 2003 - 06h09

Será realizado hoje, em Ponta Porã o seminário “A Faixa de Fronteira e o Desenvolvimento”. O evento reunirá autoridades brasileiras e paraguaias, representantes governamentais, entidades de classe e a sociedade em geral dos dois países para debater o desenvolvimento integrado das cidades localizadas na região de fronteira. O seminário é uma realização da Prefeitura Municipal de Ponta Porã e do senador Delcídio do Amaral (PT), com apoio do Sebrae/MS e com a participação de importantes parceiros convidados como Ministério da Integração Nacional e Itamarati, Secretaria da Produção e Turismo do Estado, Secretaria de Estado de Infra-Estrutura, Secretaria de Receita, Secretaria de Assistência e Trabalho e Secretaria de Planejamento dos Municípios da Faixa de Fronteira Brasil-Paraguai. Também são parceiros a Assomasul, Cidema, Sebrae, Sesi, Senai, Associações Comerciais, Federação do Comércio, Fiems, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Coredes Sul Fronteira, Universidades, Embrapa, lideranças empresariais, sindicatos e associações de trabalhadores, cooperativas, Famasul, Sindicato Rural, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Conselhos profissionais como Crea, OAB, CRM, CRE, Agência Pública de Emprego, Banco do Povo, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, DNIT, Novoeste, demais instituições públicas e privadas com interesse na questão do desenvolvimento regional. O prefeito Vanger Piantoni (PT), disse que durante o seminário serão abordados seis temas, divididos em dois painéis que contarão com um palestrante principal e um comentarista, sendo que ao final os participantes vão elaborar a Carta da Fronteira, contendo os principais pontos abordados durante as discussões. A carta deverá ser apresentada a toda a sociedade, bem como às autoridades competentes para que providências sejam tomadas no sentido de solucionar os problemas comuns existentes na fronteira. O seminário será aberto às 8h30. no salão de eventos do Barcelona Hotel. Além do prefeito de Ponta Porã, Vagner Piantoni, já estão confirmadas as presenças do senador Delcídio do Amaral, do senador paraguaio Domingos Laino, da prefeito de Pedro Juan Caballero, Angélica Valdez, além de representantes dos governos estadual e federal, das entidades da sociedade civil, parlamentares, empresários e comerciantes locais e da região. Às 9h30. terão início os trabalhos com apresentação do Painel 1, que vai discutir a infra-estrutura e o desenvolvimento da região, com os governos do estado e federal. Depois será debatida uma política tributária especial para a fronteira e, logo a seguir, entrarão em debate os mecanismos de financiamento da produção. No período da tarde serão debatidos o Mercosul como fator de desenvolvimento da região; estratégias para o desenvolvimento local, integrado e sustentado; e as políticas públicas na faixa de fronteira. A Carta da Fronteira será aprovada às 17 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal
INTERPOL

Procurado por homicídio em festa na fronteira é preso em Portugal

MORTES NA PANDEMIA

Barroso envia à PGR acusação de vítimas da Covid contra Bolsonaro

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil
IVINHEMA

Homem é preso com droga avaliada em mais de R$ 6 mil

GERAL

Juiz manda para presídio policial bolsonarista que matou petista

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473
NOVA ANDRADINA

Polícia Militar apreende mais de 140 quilos de maconha, na MS-473

EDUCAÇÃO

Acadêmicos da UEMS podem se inscrever em Universidades parceiras

Empresário é preso com arma furtada de policial no Rio de Janeiro

EDUCAÇÃO

Prouni: universidades acusam MEC de atrasar dados para matrículas

CAPITAL

Prestes a casar a filha, homem morreu atropelado sem realizar o sonho

ECONOMIA

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Mais Lidas

TRAUMATISMO CRANIANO

Madrasta de menina de 7 anos que morreu ao dar entrada na UPA é presa em Dourados

DOURADOS

Madrasta de criança morta em UPA é encaminhada para cela da Depac

DOURADOS

Acusado de raptar a ex e trocar tiros com a polícia tem alta e é levado para delegacia

INVESTIGAÇÃO

Madrasta demorou 3h para levar menina até UPA e não há registro de acionamento no Samu