Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
POLÍTICA

Veja a trajetória de Eduardo Campos, filho e neto de políticos

13 agosto 2014 - 13h49

De família tradicional na política em Pernambuco, o ex-governador Eduardo Campos, 49 anos, nasceu no Recife em 10 de agosto de 1965. Ele era casado e pai de cinco filhos. Filho de Maximiliano Arraes e da ex-deputada federal e ministra do Tribunal de Contas da União Ana Arraes, Campos se formou em economia na Universidade Federal de Pernambuco, onde atuou como presidente do Diretório Acadêmico da Faculdade.

O contato com a política começou cedo, em 1986, quando trabalhou ativamente na campanha que elegeu seu avô, Miguel Arraes, ao governo de Pernambuco. Na época, Campos tinha apenas 21 anos. Quatro anos depois, em 1990, ele se filiou ao PSB.

Em 1994, com apenas 29 anos, foi eleito deputado federal, cargo para o qual foi reeleito em 1998 e em 2002. No início do terceiro mandato como deputado, Campos se aproximou do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ajudando a mobilizar a base governista para aprovar a Reforma da Previdência.

Em janeiro de 2004, foi nomeado por Lula ministro de Ciência e Tecnologia, onde trabalhou pela aprovação da lei que autoriza pesquisas com células tronco embrionárias. Em 2006, Eduardo Campos foi eleito governador de Pernambuco em primeiro turno, com mais de 60% dos votos válidos e foi reeleito, em 2010, com 83% dos votos válidos.

A gestão à frente do estado foi marcada pelos esforços em modernizar industrialmente a região. Durante a maior parte dos dois mandatos, Campos apoio os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff.

Em 2013, ele passou a reforçar críticas ao governo de Dilma, especialmente com relação à gestão da economia e a aliança com o PMDB. Em 18 de setembro do ano passado, o PSB entregou os cargos no governo federal, inclusive o comando do Ministério da Integração, e passou a se posicionar de forma independente nas votações. A decisão de se afastar do governo e lançar candidatura própria motivou a saída do partido e filiação ao PROS do governador do Ceará, Cid Gomes, e do irmão dele, Ciro Gomes.

Em outubro, Eduardo Campos se aliou à ex-senadora Marina Silva na disputa presidencial, após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitar o registro da Rede Sustentabilidade, partido que ela tentava criar para concorrer às eleições. Em 4 de abril deste ano, Eduardo Campos renunciou ao governo de Pernambuco para se dedicar à campanha para a Presidência da República.

Em 28 de junho, em aliança com outros cinco partidos, o PSB oficializou a candidatura de Campos à Presidência e de Marina Silva à vice-presidência. Na campanha, Campos e Marina apresentaram uma série de propostas, como escola em tempo integral, passe livre para estudantes de escola pública e disseram ser possível reduzir a inflação para 3% até 2018.

Pesquisa Ibope, encomendada pela TV Globo e divulgada na última quinta-feira (7), apontava Campos em terceiro lugar na disputa, com 9% das intenções de voto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
TURISMO
Companhia aérea terá três voos diretos saindo de MS com destino ao Nordeste
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
SOLENIDADE
Duas viaturas e quatro motos são entregues para a PM em Dourados
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
DOURADOS 
Blitz usa cultura e entretenimento para falar sobre educação no trânsito 
Motivo de reclamações, parquímetro vira alvo de investigação pelo Ministério Público
DOURADOS
Motivo de reclamações, parquímetro vira alvo de investigação pelo Ministério Público
Homem toca festa de aniversário, incomoda vizinhança e vai parar na delegacia
NOVA ANDRADINA
Homem toca festa de aniversário, incomoda vizinhança e vai parar na delegacia
FOMENTO
Governo reabre inscrições do Programa "Incentiva+MS Turismo"
MATO GROSSO DO SUL
Saúde vai propor mutirão de sete dias para aplicar 275 mil doses contra Covid
ORDEM DO DIA
Abril Azul de conscientização sobre espectro autista segue à sanção
REGIÃO
Dono de rancho é autuado por pesca predatória em Rio Brilhante
DIA DA ÁRVORE
'O mundo pede socorro': populares aproveitam ação em praça para ganhar mudas 

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina