Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Sob "olhares atentos" de Geraldo e Barbosinha, Azambuja sugere união na disputa pela prefeitura

21 novembro 2019 - 10h40Por André Bento

A disputa pela Prefeitura de Dourados nas eleições municipais de 2020 pode ter candidato de consenso. Essa é a avaliação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para quem nomes fortes cogitados atualmente como pré-candidatos de diversos partidos devem ter entendimento sobre a formação de unidade no próximo pleito.

Na manhã desta quinta-feira (21), durante entrevista coletiva concedida em um hotel da cidade, ele falou sobre essa questão diante dos olhares atentos do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha, pré-candidato do DEM, e do secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, candidato do PSDB derrotado por 3.103 votos na disputa de 2016 contra a prefeita eleita Délia Razuk.

Embora avalie ser muito prematuro falar sobre as eleições municipais de 2020, Azambuja reconheceu a meta de fortalecer a estrutura do PSDB e destacou que deve prestigiar partidos aliados e buscar uma convergência de ideias e de bons projetos para fazer a disputa num momento oportuno no ano que vem.

“Não nos elegemos sozinhos. Nos elegemos com aliados. Queremos nas eleições do ano que vem fazer de tudo para que a gente possa ter convergência de entendimento, onde for possível, de também ter apoio dos aliados, poder apoiar também os partidos aliados que nos ajudaram na reeleição, e fazer uma boa pactuação política. A política é a dinâmica da conversa”, ponderou.

Segundo o governador, os deputados estaduais Barbosinha (DEM), Marçal Filho (PSDB) e Renato Câmara (MDB), além de seu secretário de Saúde Geraldo Resende, são bons nomes para disputar a Prefeitura de Dourados.

“A política tem uma dinâmica própria, temos vários nomes que se destacam, Marçal, Barbosinha, Geraldo, Renato e outros que pleiteiam. Isso é legítimo. Mas temos certeza que esses atores da boa política, a própria prefeita que está no mandato hoje e tem dialogado também, acho que eles vão ter entendimento e a formação de uma unidade para a disputa”, afirmou.

Azambuja também reconhece haver desafios em algumas alianças, mas garantiu que não faltará empenho para supera-los em nome dessa convergência. “Muitas vezes não consegue até pelas peculiaridades locais, mas nós vamos fazer todo esforço para gente ter bom entendimento entre os partidos aliados para disputar as eleições municipais do ano que vem”, ressaltou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA FASE
Utilização de 'laranjas' e remessas clandestinas ao exterior são apuradas na "Motor de Lama"
Prefeitura empenha R$ 163 mil para pagar limpeza pública terceirizada, mas de setembro
DOURADOS
Prefeitura empenha R$ 163 mil para pagar limpeza pública terceirizada, mas de setembro
Brigada de Incêndio do HU realiza ciclo de treinamento anual obrigatório
PREVENÇÃO
Brigada de Incêndio do HU realiza ciclo de treinamento anual obrigatório
Hospital do Coração faz ação interna sobre a prevenção do câncer de próstata
NOVEMBRO AZUL
Hospital do Coração faz ação interna sobre a prevenção do câncer de próstata
Autorizações de fornecimento só podem ser emitidas até o dia 30 na prefeitura
DOURADOS
Autorizações de fornecimento só podem ser emitidas até o dia 30 na prefeitura
MOTOR DE LAMA
Em Dourados, PF cumpre um mandado dentro da nova fase da Lama Asfáltica
INFORME PUBLICITÁRIO
Construindo um futuro ecológico: Conheça o método de construção sustentável
ROBERTO ORRO
Reinaldo decreta luto de três dias após morte de ex-deputado
REGIÃO
PGE abre o quarto edital para acordos diretos em precatórios
VIAGEM À BRASÍLIA
Prefeito eleito se reúne com bancada de MS nesta terça após ser recebido no MEC

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante