Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
ASSEMBLEIA

Sete propostas devem ser analisadas pelos parlamentares nesta quinta

05 outubro 2017 - 09h45Por Da Redação

Estão previstas sete matérias para apreciação dos deputados estaduais na Ordem do Dia desta quinta-feira (5). Em 2ª discussão, com pareceres favoráveis da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos, o Projeto de Lei (PL) 074/2017, de autoria da deputada Mara Caseiro (PSDB), que cria o Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte – Baleia Azul.

Também em 2ª discussão, com pareceres favoráveis da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social, o PL 169/2017, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que inclui o ‘Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar’ no Calendário Oficial de Eventos do Estado.

Em discussão única, com parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 011/2017, de autoria do deputado Amarildo Cruz (PT), 2º secretário da Casa de Leis, que dispõe sobre o processo inaugural de tombamento para o Grupo de Catira da família Malaquias da comunidade quilombola de Santa Tereza, em Figueirão.

Já em 1ª discussão, com parecer favorável da CCJR, o PL 149/2017, de autoria do deputado Felipe Orro (PSDB), 3º secretário do Parlamento Estadual, que obriga os supermercados e estabelecimentos similares de varejo ou atacado a divulgarem a data de validade dos produtos alimentícios através da inserção no código de barras, e o PL 174/2017, de autoria do deputado Mauricio Picarelli (PSDB), que institui o Dia do Educador Especial, em Mato Grosso do Sul.

Também em 1ª discussão e parecer favorável da CCJR, o PL 201/2017, de autoria do deputado Lidio Lopes (PEN), que dispõe sobre a formação de preços ao consumidor de combustíveis no Estado e o PL 215/2017, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Governo do Estado a celebrar termos aditivos aos contratos firmados com a União com base na Lei Federal 9.496, de 11 de setembro de 1997, e na Medida Provisória 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para adoção das condições estabelecidas pela Lei Complementar Federal (LCF) 148, de 25 de novembro de 2014, e pela LCF 156, de 28 de dezembro de 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Assassina diz que jogou chargista de escada após levar tapas na cara
CAPITAL
Assassina diz que jogou chargista de escada após levar tapas na cara
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 638 mortes por Covid em 24 horas e ultrapassa 170 mil
JUTI
Tarado abusa de mulher que fazia caminhada e acaba preso
CULTURA
Festival on-line de dança da melhor idade fecha 1ª fase com 163 mil votos
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda de olho em início de transição nos EUA
TRÁFICO
PF apreende mais de 5,5 toneladas de maconha em Ponta Porã
MELHORIAS
Visando sustentabilidade complexo da Sanesul vai operar com energia solar
COSTA RICA
Homem invade lanchonete com caminhão motivado por dívida
LEGISLATIVO DE MS
Proposta estabelece descarte correto de equipamentos de proteção individual
ECONOMIA
Guedes anuncia acordo para votação da Lei de Falências nesta quarta

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante