Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ASSEMBLEIA

Sete propostas devem ser analisadas pelos parlamentares nesta quinta

05 outubro 2017 - 09h45Por Da Redação

Estão previstas sete matérias para apreciação dos deputados estaduais na Ordem do Dia desta quinta-feira (5). Em 2ª discussão, com pareceres favoráveis da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos, o Projeto de Lei (PL) 074/2017, de autoria da deputada Mara Caseiro (PSDB), que cria o Programa de Prevenção e Combate ao Jogo da Morte – Baleia Azul.

Também em 2ª discussão, com pareceres favoráveis da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia e da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social, o PL 169/2017, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que inclui o ‘Dia do Voluntário no Corpo de Bombeiros Militar’ no Calendário Oficial de Eventos do Estado.

Em discussão única, com parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 011/2017, de autoria do deputado Amarildo Cruz (PT), 2º secretário da Casa de Leis, que dispõe sobre o processo inaugural de tombamento para o Grupo de Catira da família Malaquias da comunidade quilombola de Santa Tereza, em Figueirão.

Já em 1ª discussão, com parecer favorável da CCJR, o PL 149/2017, de autoria do deputado Felipe Orro (PSDB), 3º secretário do Parlamento Estadual, que obriga os supermercados e estabelecimentos similares de varejo ou atacado a divulgarem a data de validade dos produtos alimentícios através da inserção no código de barras, e o PL 174/2017, de autoria do deputado Mauricio Picarelli (PSDB), que institui o Dia do Educador Especial, em Mato Grosso do Sul.

Também em 1ª discussão e parecer favorável da CCJR, o PL 201/2017, de autoria do deputado Lidio Lopes (PEN), que dispõe sobre a formação de preços ao consumidor de combustíveis no Estado e o PL 215/2017, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Governo do Estado a celebrar termos aditivos aos contratos firmados com a União com base na Lei Federal 9.496, de 11 de setembro de 1997, e na Medida Provisória 2.192-70, de 24 de agosto de 2001, para adoção das condições estabelecidas pela Lei Complementar Federal (LCF) 148, de 25 de novembro de 2014, e pela LCF 156, de 28 de dezembro de 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Comerciante leva multa de R$ 37 mil por desmatamento em Bela Vista
BELEZA
Especialista revela o porque da procura por dentistas para realizar aplicações de botox
DIREITOS HUMANOS
Estatuto da Criança e do Adolescente ganhará versão em Libras
R$ 863 MIL
Prefeito da Capital anuncia compra de “kit prevenção” à Covid-19
ESPORTES
Sob forte chuva, Hamilton garante pole position no GP de Estíria
ESPORTES
Comitê Olímpico confirma Missão Europa na próxima sexta-feira
CORONAVÍRUS
Deputados podem votar projeto de indenização a profissionais de saúde na terça
PANDEMIA
Surto de Covid-19 nas Américas está longe de acabar, dizem cientistas
JUSTIÇA
Ronaldinho Gaúcho tem recurso negado e segue preso no Paraguai
PMA
Pescadores de São Paulo são autuados por crime ambiental em MS

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados